menu

Política

18/07/2019


Em audiência com ministro, João e Wilson pedem prioridade em recursos para finalizar barragem de Cupissura e garantir segurança hídrica

São necessários aproximadamente R$ 88 milhões para a conclusão da obra que deverá concluir o sistema da Translitorânea e garantir a segurança hídrica completa para a região metropolitana de João Pessoa.

Imagem reprodução

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), participou de audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, em Brasília. Ele foi acompanhado por auxiliares de Governo e pelo deputado federal Wilson Santiago (PTB) que, durante a ocasião, intermediou e solicitou, junto ao ministro, a prioridade para obras de segurança hídrica e habitação no Estado.

 

A pauta prioritária foi a retomada da obra da barragem de Cupissura. São necessários aproximadamente R$ 88 milhões para a conclusão da obra que deverá concluir o sistema da Translitorânea e garantir a segurança hídrica completa para a região metropolitana de João Pessoa. O pleito foi colocado em ordem primária como a principal prioridade para o ministro.

 

Participaram do encontro João Azevêdo, Wilson Santiago, Deusdete Queiroga, secretário de Infraestrutura da Paraíba; Adauto Fernandes, secretário executivo do Escritório de Representatividade em Brasília e Virgiane Melo, secretária de Recursos Hídricos, além do ministro Gustavo Canuto. Eles debateram a continuidade de obras que já estão em andamento como a Barragem de Retiro e o Canal Acauçã-Araçagi, além da liberação de recursos para a habitação no Estado.

 

Promessa

Até o fim do mês, o ministro irá divulgar os conjuntos habitacionais que terão as obras retomadas e a construção de novos empreendimentos.

 

LEIA MAIS: Governo do Estado cria comissão para apurar possíveis irregularidades e identificação dos responsáveis nos contratos firmados com a Cruz Vermelha