WS: Anúncio de VLT em Campina feito por João causa ciúmes em Romero; prefeito corre contra o tempo - WSCOM

menu

Política

10/07/2019


WS: Anúncio de VLT em Campina feito por João causa ciúmes em Romero; prefeito corre contra o tempo

Na imagem, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues

O blog do jornalista e multimídia Walter Santos, traz nesta quarta-feira (10), mais uma análise sobre os bastidores da política paraibana. Após o anúncio feito pelo governador João Azevêdo (PSB) sobre investimentos na mobilidade urbana de Campina Grande, com o anúncio da implementação de um sistema de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT), o prefeito, Romero Rodrigues, começou a ‘correr atrás do prejuízo’ para contrapor Azevêdo.

Segundo o jornalista, mesmo com o apoio de Bolsonaro, o anúncio causou “ciúmes”, esse que serviu de “vitamina” para fazê-lo correr contra o tempo e, quem sabe, se sobressair politicamente em sua cidade, mas em tempo, a vez é de João e Veneziano. 

 

Confira na íntegra:

 

VLT em Campina provoca ciúmes e correria de Romero, mas o tento é de Azevêdo e Vené

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, reagiu como é de seu feitio correndo ligeiro para tentar ganhar louros por seu acesso ao presidente Jair Bolsonaro no anúncio do VLT para Campina Grande apresentado pelo governador João Azevedo em audiência com o Ministro dos Transportes, em Brasilia, portanto, a tática não surtiu o efeito desejado.

 

Não há como negar o acesso fácil que ele tem com o presidente, até atropela os de “primeira hora” ligados a Bolsonaro mas, apesar da correria, a montanha pariu um rato, como diria Maria Júlia, minha in memorian direto do bairro da Torre.

 

Esperteza e futuro

Romero é esperto e faz disso sua vitamina para sobreviver na politica. É certo que perdeu um grande aliado de nome Rômulo Gouveia – este responsável pela garantia dos recursos e viabilidade do projeto Aloizio Campos ainda no Governo Dilma tendo Aguinaldo Ribeiro no Ministério das Cidades.

 

Todos apoiados por Dilma aderiram a Temer e agora Bolsonaro, mas só Romero tem coragem de assumir Bolsonaro inteiramente. Isto tem um custo imediato de sobrevivência mas, o mais forte está por vir nos próximos tempos.

 

TENTO DE AZEVÊDO/VENÉ

Por mais que aja e diga isso e aquilo, a obra do VLT tem o carimbo de João Azevêdo mas, justiça seja feita, foi Veneziano Vital o pai da “criança”.

O resto é o resto.