menu

03/11/2018


Nova conjuntura leva Paraíba a se preparar para nova ordem; Aguinaldo mira presidência

TEMPOS QUENTES NA DISPUTA PELO GOVERNO Por Walter Santos

Sem dúvidas, a fase de rearrumação política no País com os novos ares e ordem em curso sob a batuta do presidente Jair Bolsonaro impõe movimentos políticos envolvendo a Paraíba de forma a merecer exame minucioso.

Na “nova ordem”, os principais atores são desconhecidos do grande público, a exemplo do deputado federal eleito Julian Lemos – coordenador no Nordeste -, dando as cartas mas precisando se ajustar com a Bancada Federal diante do deputado federal reeleito Aguinaldo Ribeiro se movimentando célere para disputar a presidência da Câmara Federal.

QUEM VAI SER DA BASE

Aguinaldo tem se revelado um expert em negociação política, tanto que convive na atualidade com a força de ter feito a irmã, Daniela Ribeiro, senadora da República.

Mas, tomando por base os 12 deputados federais eleitos com quem Bolsonaro vai poder contar?

Edna Henriques, Ruy Carneiro, Pedro Cunha Lima (todos do PSDB), possivelmente o DEM com Efraim Filho e o PTB de Wilson Santiago, mais Aguinaldo Ribeiro tendem a conviver com o novo governo, mas qual a compensação para isso? – há de se indagar.

PARAÍBA

Pelo andar da carruagem, Bolsonaro não vai dar moleza ao governo da Paraíba e isto implica em reação forte do governador eleito João Azevedo e sua forte bancada.

Aliás, tudo respingando dentro de uma conjuntura Nordeste requerendo dos 9 governadores uma ação articulada.

Vamos acompanhar de perto.

Notícias relacionadas