menu

25/06/2018


Bananeiras e os efeitos do crescimento econômico já exigindo novas medidas para auto-sustentação

A versão 2018 do São João de Bananeiras extrapolou a expectativa. Este ano, para se ter uma ideia, houve engarrafamento de 4 km antes da chegada à cidade no percurso a partir de Borborema. Por conta da multidão, os estacionamentos estiveram insuficientes. A causa: a presença de muita gente afeita ao clima frio, a programação autêntica e o nível de tranquilidade em meio à multidão.

Bananeiras é, na prática, a prova de que a nova vocação da cidade deu certo com a expansão da economia através dos tantos Condomínios mudando o rumo e futuro da cidade.

PREFEITO EM AÇÃO

Felizmente, o prefeito Douglas Lucena, anda muito envolvido com medidas para enfrentar e resolver os problemas.

Ele informou com Exclusividade ao Portal WSCOM, que já dispõe de dois projetos para implantação de Alças antes do acesso ao município depois da entrada de Borborema visando resolver de vez o problema do engarrafamento de trânsito na cidade, como aconteceu na véspera de São João.

Foi mais além, ao anunciar ainda uma Comissão Especial para estudar e propor novo ordenamento de Mobilidade Urbana.

PALAVRAS/COMPROMISSO

– Estamos em entendimentos com o governador Ricardo Coutinho e ainda atraindo os deputados federais Efraim Filho e Veneziano Vital para consolidarmos os recursos visando a implementação até o inicio do próximo ano – revelou.

Segundo ele, uma Alça será pelo lado esquerdo no percurso Borborema – Bananeiras subindo até chegar ao acesso superior da cidade chegando até Solânea. A outra Alça será pelo lado direito alcançando a parte dos condomínios, como Serra do Golfe.

CAUSA E FUTURO

– Este é o serio problema, mas positivo, fruto do crescimento econômico da cidade e a consagração do São João de Bananeiras em nova fase – declarou ele acrescentando que vai criar Comissão Especial.

Em síntese, Bananeiras está iniciando outro ciclo neste tempo de operacionalidade de Douglas em meio a um tempo de restrições orçamentárias, mas sem impedir suas iniciativas de resultados.

Marta e Ramalho Leite têm na prática do que se orgulharem.

Notícias relacionadas