menu

30/09/2018


Além do confronto ideológico, reação das mulheres consolida novo status pró Haddad, muito além do PT

Augusto Vasconcelos

O saldo de tudo registrado no Brasil – em João Pessoa e Campina Grande em especial, no sábado histórico, por força incomunal das mulheres mobilizadas contra o significado de Bolsonaro, é o atestado sociológico mais importante da conjuntura narrando a onda pró candidato ultra conservador.

Destaque -se a partir do microcosmos da Praça da Paz, em João Pessoa, pela primeira vez depois de anos o fato das forças consideradas progressistas retomarem a vanguarda popular atraindo gente de todas as matizes ideológicas.

ALÉM DO PT

Tanto na Paraíba quanto nos demais Estados o que se viu foi a recomposição de várias gerações e pensamentos políticos alinhadas às teses progressistas em prol de Haddad a partir de compromissos extrapolando a base e importância do PT.

Bolsonaro e seu significado beirando o Fascismo, onde a eliminação da democracia e da pluralidade em todos os níveis são meta acabaram servindo de apelo sociológico muito forte para unir a sociedade organizada democrática.

SÓ A SERENIDADE SE IMPORÁ

Haddad conquistou a perspectiva de ser a opção anti radicalismo da ultra direita por conta de seu perfil firme, de lealdade ao significado de Lula, por sua formação e a conduta de um negociador confiável.

E isto mesmo. O Brasil vai exigir muito de Haddad pela missão negociadora ao que parece já assimilada pelas estruturas de poder econômico e institucional no País incluindo a Rede Globo.

E possível que já estava em curso um ensaio para um grande Pacto de contenção da Ultra Direita abrigando a opção Haddad de retomada da soberania nacional por força da pressão popular sem a qual a opção seria outra.

Notícias relacionadas