menu

Paraíba

16/08/2019


UFPB concede título “Doutor Honoris Causa” ao sambista Zé Katimba

Evento aconteceu na Sala de Concertos Radegundes Feitosa e o título foi entregue pela reitora Margareth Diniz.

Foto: Ascom

O paraibano Zé Katimba, natural de Guarabira, mas que ganhou notoriedade no Rio de Janeiro, onde ficou famoso no mundo do samba assinando diversos sucessos, inclusive, em parceria com João Nogueira, Martinho da Vila, e através de sambas enredo para escolas de samba, recebeu na manhã desta sexta-feira (16) o título de “Doutor Honoris Causa” conferido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

 

Bastante prestigiado e com a presença de artistas, produtores, empresários, amigos e familiares, o evento aconteceu na Sala de Concertos Radegundes Feitosa e o título foi entregue pela reitora Margareth Diniz.

 

Sobre Zé Katimba 

José Inácio dos Santos, natural de Guarabira, nasceu em 11 de novembro de 1932. Antes conhecido como Zé Catimba, e que atualmente grafa seu nome artístico como Zé Katimba, ele é compositor de sambas de enredo brasileiro, sendo considerado um dos criadores da versão moderna do gênero musical.

 

Aos 16 anos, participou da fundação da Imperatriz Leopoldinense, e até hoje faz parte da ala de compositores da agremiação.

 

As músicas de Katimba ganharam voz com: Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, Emílio Santiago, Elimar Santos, Demônios da Garoa, João Nogueira, Agepê, Simone, Julio Iglesias, Alcione, Leci Brandão, Elza Soares e Jorge Aragão.

 

Na década de 70, virou personagem da novela Bandeira Dois, escrita por Dias Gomes para a Rede Globo, num Katimba interpretado por ninguém menos que Grande Otelo. Seu samba Martin Cererê, tema da trama, gravado pela Som Livre, vendeu 700 mil cópias. 

 


Portal WSCOM