menu

Futebol

11/01/2013


Inter acerta com o ex-Fla Willians

Reforço

 No início da próxima semana, Dunga receberá um reforço importante para o grupo do Inter. O volante Willians deixará a Europa no sábado e tem previsão de chegada em Porto Alegre na segunda-feira. Nesta sexta, o jogador oficializou a rescisão com o Udinese, da Itália. O próprio clube italiano publicou notícia em seu site divulgando a transferência.

Em contato com o GLOBOESPORTE.COM, o empresário Giuliano Tadeu Aranda, o Magrão, exaltou a empolgação de Willians com a transferência. De acordo com o agente, o volante pensa até em Seleção.

– O Willians está feliz demais, por diversos aspectos. Pela grandeza do clube e treinador (Dunga), que vem colocando elogios para ele. O Willians tem 26 anos e esteve por três anos entre os melhores do Brasileirão. Pensa até em Seleção – destacou Magrão.

O Inter contratará o volante de 26 anos por três temporadas. Pagará cerca de 2,5 milhões de euros (R$ 6,6 milhões), facilitado pelo montante da venda de Dagoberto para o Cruzeiro.

Willians é a reposição imediata para a saída de Guiñazu. Chega para assumir a titularidade. A direção do Inter ainda tem um segundo volante encaminhado. A tendência é de que o nome seja anunciado na próxima semana.

Altos e baixos no Fla
O volante começou a carreira no Santo André e chegou ao Flamengo em 2009. Foi peça importante no título do Brasileirão no mesmo ano. Willians foi eleito por duas vezes, em 2009 e 2010, o terceiro melhor volante pela direita no Prêmio Craque do Brasileirão.

Notório pela facilidade em roubar bolas, o volante também foi criticado em alguns momentos por errar muitos passes e cometer faltas por vezes desnecessárias. Ao longo de sua passagem pelo Flamengo, o volante ficou marcado por atos de indisciplina. Em 2011, quando o técnico era Vanderlei Luxemburgo, Willians faltou a treino na véspera de um jogo e chegou a ser afastado do grupo. Depois de treinar sozinho por alguns dias, o volante se desculpou e foi reintegrado.

Em 2012, Willians sofreu duas lesões sérias nos quatro primeiros meses do ano e, em maio, acertou sua ida para a Udinese. O clube italiano pagou cerca de € 3 milhões (R$ 7,4 milhões) pelo jogador.