menu

Esporte

24/08/2019


Tuchel diz que Neymar está pronto para jogar, mas não garante escalação

Técnico do PSG condiciona presença do brasileiro em campo à solução da situação do jogador com o clube.

Foto: @DR

Neymar está pronto para voltar a campo pelo Paris Saint-Germain. Quem garante é o técnico do time francês, Thomas Tuchel. Isso não significa, no entanto, que o brasileiro estará em campo neste domingo, contra o Toulouse, pela terceira rodada do Campeonato Francês. Para isso, será preciso resolver sua situação com o clube, afirmou Tuchel na entrevista coletiva deste sábado, em Paris.

“Neymar vai jogar quando a situação estiver clara entre ele e o clube. Hoje, não está clara. Se estiver amanhã (domingo), ele joga”, afirmou o treinador.

 

Embora esteja em condições de jogo, Tuchel não garantiu sequer se Neymar será relacionado para a partida. A decisão, indicou o técnico, será do clube.

“Depende. A primeira coisa que posso dizer é que Neymar está a cada dia melhor fisicamente. Ele fez uma boa semana com toda a equipe, com um bom volume de jogo, uma boa intensidade. Ele treinou com um ótimo estado de espírito e grande qualidade. Por outro lado, a situação entre ele e o clube segue a mesma. A posição do clube está clara. Se a situação dele não estiver clara, ele não pode jogar. Se algo for decidido, se a situação estiver clara, ele poderá jogar. Se não, não”, disse. 

 

Perguntado se Neymar deseja jogar neste domingo, o treinador tentou despistar e limitou-se a falar sobre a situação física do jogador. “Ele está pronto pra jogar. Fez todos os treinamentos conosco e está pronto pra jogar”, afirmou.

 

Tuchel não quis opinar sobre questões burocráticas. Um jornalista espanhol quis saber se uma eventual escalação de Neymar significaria, então, a permanência do jogador no PSG:

 

“Sim ou não. Eu não sei. Só posso dizer as mesmas coisas. Melhor você falar com Leonardo (diretor esportivo do PSG), com o clube. Eu treinei o time com todo o grupo, ele está aqui, está cada vez melhor fisicamente. É possível que ele jogue amanhã (domingo) se a situação estiver clara. Hoje, não está clara. Pode ser que amanhã esteja clara e ele jogue”, disse.

 

Atual bicampeão francês, o PSG venceu o Nîmes por 3 a 0 na estreia mas perdeu por 2 a 1 para o Rennes, fora de casa, na segunda rodada, e ocupa uma surpreendente oitava colocação na tabela. As informações são do GE.