menu

Política

08/02/2013


TRE acata denúncia contra André Gadelha

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE) decidiu investigar denúncias de crime eleitoral contra o atual prefeito de Sousa, André Gadelha. A corte acatou a denúncia do Ministério Público Eleitoral com base nos artigos 349 e 354 do Código Eleitoral, que dão conta de falsificação de documento e uso de documento falso. O relator do processo é o juiz João Bosco Medeiros de Sousa.

A denúncia do Ministério Público teve como base um inquérito da Polícia Federal, que indica que o então candidato André Gadelha produziu declarações falsas contra o ex-prefeito Fábio Tyrone durante as eleições de 2008.

De acordo com o advogado de Gadelha, Thiago Leite, a defesa está tranquila e vai aguardar o andamento do processo. “Não existe até o momento nenhum tipo de imputação contra ele. A defesa está tranquila e vamos aguardar o andamento do processo”, disse.

Depois dessa fase, os acusados de André Gadelha e outros cinco envolvidos serão interrogados e só então o advogado apresentará a defesa.

Segundo Thiago Leite, durante o processo eleitoral de 2008, algumas pessoas procuraram o então candidato André Gadelha para denunciar casos de compra de voto e outras irregularidades supostamente praticadas pelo adversário Fábio Tyrone. “Ele então determinou que um advogado em Sousa colocasse tudo isso no papel e depois, quando foi ajuizada essa ação, não se sabe por que motivo essas pessoas mudaram de opinião”, explicou o advogado. Essas declarações serão apuradas pelo Tribunal Regional Eleitoral.