menu

Futebol

11/08/2019


Torcedor do Botafogo-PB morre após confronto no estádio Barrettão

Eduardo Feliciano, membro da torcida Fúria Independente, do Botafogo PB morreu ontem após confronto com a Polícia no estádio Barrettão. (Foto: reprodução)

Um torcedor do Botafogo da Paraíba morreu na noite deste sábado (10), após dar entrada no Hospital Municipal Dr. Percílio Alves, em Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal. Ele estava na cidade para acompanhar o jogo do Belo contra o Globo-RN pela Série C do Campeonato Brasileiro.

 

De acordo com a guia de solicitação de exame cadavérico assinado pela equipe médica do hospital, o homem de 27 anos tinha marcas de contusão no tórax e no rosto, além de intoxicação alcoólica e indícios de uso de drogas ilícitas.

 

 

A família relata que o homem foi espancado por policiais militares após pular o muro do estádio Barretão, durante um confronto entre a torcida organizada e PMs, que dispararam balas de borracha para conter a invasão. A corporação afirmou que deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso após a investigação que será feita pela Polícia Civil.

 

O auxiliar de serralheiro Eduardo Feliciano Justino da Silva, natural de João Pessoa, foi ao Rio Grande do Norte numa caravana de torcida organizada para o jogo contra o Globo FC, pela Série C do Campeonato Brasileiro de futebol, no estádio Barretão. A partida acabou com vitória do time paraibano por 3 a 0.

 

Porém o rapaz sequer chegou a assistir ao jogo, porque precisou de atendimento médico. Ele deu entrada no hospital às 20h02, de acordo com a guia, confirmada pelo serviço social da unidade, apresentando rebaixamento de nível de consciência. Apesar das tentativas de socorro, ele não resistiu e morreu.

 

Em nota, o Botafogo lamentou o falecimento do torcedor. “Botafogo Futebol Clube vem a público manifestar consternação pelo falecimento do torcedor Eduardo Feliciano em Ceará-Mirim. Nossos sentimentos aos familiares e amigos”.

 

 

Portal WSCOM