WS: os novos desafios do SEBRAE/PB e o Movimento pela Paz no Centro Histórico

A agenda desta sexta-feira, 11 de Janeiro de 2019, aponta para dois atos de acesso público a envolver o importante segmento da microempresa ameaçado de cortes e restrições, através da posse do presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE/PB, Marconi Medeiros, e ainda a reunião na Associação Comercial de empresários, produtores, artistas em Movimento ‘Todos pela Paz’ enfrentando a onda de violência no Centro Histórico de João Pessoa.

São duas coisas diferentes, mas nos dois casos, há importância inegável do que as duas agendas apresentam.

ÁGUA TURBULENTA PARA PEIXE
O mal comparado conhecimento popular acima bem pode ser aplicado na realidade do Sistema S com cortes anunciados pelo Governo Bolsonaro a gerar restrições e cortes nas receitas do sistema incluindo o SEBRAE/PB.

Este será o maior desafio / problema que o presidente Marconi Medeiros vai ter de conviver no decorrer de 2019 porque não há outro caminho senão enfrentar o problema de frente apontando alternativa à realidade.

Quais os efeitos na prática que o SEBRAE/PB terá de anunciar já que falam em redução de 30% dos recursos  no sistema S – percentual elevado para os tempos atuais de restrições.

Com a palavra o presidente ano superintendente Walter Aguiar.

CHEGA DE VIOLÊNCIA!
O produtor cultural e artista plástico Nai Gomes é um dos principais inspiradores de Movimento dos empresários e artistas a ser lançado nesta sexta, às 10h, na Associação Comercial pela cultura da Paz no Centro Histórico.

A importante iniciativa tem merecido a adesão integral de empresários e comerciantes, a exemplo do presidente Rafael Bernardino, para formatação de documento base a ser aprovado bem como Passeata nas ruas do Centro Histórico nos próximos dias contra a onda de violência registrada.

A sociedade Pessoense clama por Paz e imediato combate preventivo à violência numa das áreas mais importantes da cidade.

Voltaremos aos assuntos.