menu

Política

21/02/2013


Sudema: Justiça mandou tirar quiosques

A retirada de quiosques externos do restaurante Canyon, na praia de Coqueirinho, foi uma decisão da Justiça Federal. A ação da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) se deu em cumprimento a uma medida judicial.

 

A coordenadora de Controle Ambiental da Sudema, Larissa Maria Ramos, informou que o órgão desenvolve um trabalho de reordenamento urbano da orla do Litoral Sul paraibano, mas, no caso do restaurante Canyon, a determinação foi da Justiça. “A Sudema tem a ação de reordenamento urbano, uma medida conjunta que está sendo discutida no comitê gestor do Projeto Orla, porém, para este estabelecimento específico, houve uma medida judicial”, explicou.

 

A decisão da Justiça Federal para retirada dos quiosques externos foi definida antes da semana carnavalesca, no entanto, em entendimento entre a Sudema e o empreendimento comercial, a operação ficou para depois do carnaval.

 

“Um outro ponto a destacar é que essa medida obriga que a Sudema faça a retirada, mas o próprio empreendimento se dispôs a retirar os quiosques”, esclarece Larissa Ramos. A medida judicial não atinge o restaurante, que existe há muitos anos, apenas o anexo construído na beira da praia, que compreende os quiosques externos.

 

A Sudema vai retirar novos ambulantes que estão comercializando na área onde os atuais comerciantes do Complexo Turístico construído recentemente atuavam. Haverá um disciplinamento também no acesso de veículos à praia pela tradicional ladeira.