menu

Futebol

22/08/2019


São Paulo bate Athletico-PR, engata 5ª vitória consecutiva e fica a dois pontos da liderança do Brasileiro

Vitor Bueno comemora gol do São Paulo contra o Athletico Paranaense, em Curitiba GazetaPress

Em busca do topo do Campeonato Brasileiro, o São Paulo deu um passo importante na noite desta quarta-feira. A equipe tricolor derrotou o Athletico Paranaense por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, chegando ao quinto triunfo consecutivo na temporada, e agora está a dois pontos do Santos, o líder da competição.

São 30 pontos dos tricolores, que ocupam a quarta colocação (levam desvantagem em vitórias para o Flamengo e nos gols marcados para o Palmeiras, que também têm 30), enquanto o santistas têm 32.

O São Paulo abriu o placar aos 39 minutos com Vitor Bueno –justamente o substituto de Alexandre Pato. A jogada começou com um desarme de Igor Vinícius no campo defesa. Ele avançou pelo campo de ataque e tocou para Vitor Bueno, centralizado. Ele recebeu e já passou para Liziero, na esquerda, que devolveu rapidamente para o atacante, já na área, finalizar.

Daniel Alves foi titular pela segunda vez consecutiva, mas teve uma atuação discreta. Não criou bons lances e a melhor finalização foi ainda no primeiro tempo, quando chutou de fora da área, mas nem acertou o alvo. Já perto do final do jogo ele protagonizou um lance que os jogadores do São Paulo pediram pênalti.

Foi aos 45, mas ele acabou levando a pior na dividida com o marcador do rival e saiu de campo sentindo dores no tornozelo esquerdo. Depois conseguiu retornar ao campo e terminar a partida.

Já o espanhol Juanfran ficou no banco de reservas –ainda está longe das condições físicas consideradas ideais pela comissão técnica– e entrou aos 42 da etapa final, participando por quase dez minutos (teve muito tempo de acréscimo).

Derrotados, os atleticanos estacionam nos 22 pontos e na oitava colocação.

O confronto entre são-paulinos e atleticanos foi para recuperar a 13ª rodada, que teve de ser adiada pela viagem do time rubro-negro para o Japão, onde disputou (e venceu) a Levain Cup, em 7 de agosto.

Além de igualar as 15 partidas dos demais concorrentes do Brasileirão, quem vencesse o duelo nesta quarta também passaria a ostentar a melhor campanha na competição após a realização da Copa América.

O São Paulo fez 16 pontos em seis jogos, com cinco vitórias e um empate. Tem 88,8% de aproveitamento no período.

O quinto triunfo consecutivo também foi marcante porque desde 2013 o time não conseguiu uma sequência tão longa. E naquele ano foram seis vitórias em fila, entre 16 de outubro e 2 de novembro, sob o comando de Muricy Ramalho.

Agora o São Paulo terá três dias para se preparar para a 16ª rodada, que será no domingo contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Neste dia, o técnico Cuca não poderá contar com Reinaldo, que cumprirá suspensão por cartão amarelo.

O Athletico-PR jogará no sábado, diante do Grêmio, em Porto Alegre.


Por ESPN