menu

Paraíba

23/07/2019


Reitora da UFPB, Margareth Diniz revela reunião do Andifes e diz: “Juntos podemos dizer não ao Frature-se”

Imagem: Reprodução

 A reitora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Margareth Diniz, se posicionou contra o programa Future-se, do MEC, que pretende abrir as universidades púbicas federais para o capital privado. Ela sinalizou que a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e o Conselho Universitário da UFPB (Consuni) devem se pronunciar contra a proposta.

 Margareth ainda conclamou a comunidade universitária para se posicionar contra o “Fratura-se”. ” Juntos somos mais fortes e é nesse conjunto que certamente vamos dizer não ao Frature-se”, disse.

 A Andifes, que reúne os dirigentes das 63 universidades federais do país, deve se reunir nesta sexta-feira (26), e soltar uma nota sobre o programa. O mesmo ocorrerá com o Consuni, mas no dia 31 deste mês.

 Ontem, a UFPB  iniciou o processo de discussão do projeto Future-se  com uma assembleia geral no Centro de Vivência do campus I, em João Pessoa, que contou com ampla participação acadêmica.

Portal WSCOM