menu

Saúde

03/09/2019


Prefeito de São Bento dá lição de cidadania apoiando hospital Napoleão Laureano

O prefeito de São Bento, Jarques Lúcio, foi até a Fundação Napoleão Laureano e apresentou o Projeto de Lei n°026, que enviou à Câmara Municipal para autorizar a celebração de convênio entre Município e o Hospital Napoleão Laureano.

Jarques trabalhou no Hospital por cinco anos, antes de adentrar na vida pública. Ele salientou a importância do projeto e da unidade hospitalar, referência em tratamento de casos de câncer na Paraíba.

Conforme o documento, o objetivo é de garantir através da assinatura de convênio a doação mensal como subvenção no valor de R$5 mil até R$10 mil no período de cinco anos.

“O hospital Napoleão Laureano é uma unidade que atende a todos os paraibanos sem distinção. Eu conheço a rotina de trabalho da unidade por ter atuado cinco anos como médico e hoje acompanho como gestor público a dificuldade que o atendimento do hospital vive. Os municípios paraibanos precisam desse serviço, assim como São Bento, e por essa razão estamos propondo o convênio. É uma colaboração mínima diante da quantidade de vidas salvas”, disse Jarques Lúcio.

Além do Projeto de Lei enviado à Câmara Municipal, Jarques Lúcio, assinou o Decreto nº 1.100/2019, que institui o Programa Centavos do Bem no Município. A iniciativa incentiva a colaboração voluntária do servidor público municipal para doação mensal de frações decimais para Instituições e Hospitais de Combate ao Câncer.

Conforme o Decreto, o servidor público que desejar colaborar de forma voluntária a doação financeira a uma das unidades de atendimento de Oncologia da Paraíba basta informar ao Município. Cada servidor pode autorizar o valor para doação de até R$ 0,99 em seu salário. Os recursos doados voluntariamente serão destinados para o Hospital Napoleão Laureano; Hospital São Vicente de Paulo e o Hospital da FAP.

De acordo com o prefeito de São Bento, o objetivo da ação é fortalecer a corrente solidária de apoio às unidades de atendimento de Oncologia. “É um projeto totalmente voluntário. Queremos com essa iniciativa despertar o sentimento solidário e quem considerar que pode colaborar estará ajudando de forma indistinta a todos os paraibanos. É importante destacar que o município também terá sua contribuição nesse projeto”, disse Jarques Lúcio.

Portal WSCOM