menu

Saúde

12/08/2019


Postos de saúde são interditados em Bayeux por ‘problemas estruturais graves’

Dois postos de saúde da família (PSF) de Bayeux foram interditados eticamente pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) nesta segunda-feira (12). As duas unidades – UBS Baralho e Centro I – apresentam problemas estruturais graves, como infiltrações, mofos nas paredes, teto com risco de desabar, entre outras inconformidades. A Interdição ética tem início à zero hora desta terça-feira (13).

“Na UBS Baralho, a médica já estava atendendo na sala de triagem, por causa do excesso de infiltração e mofo no consultório. Não é possível prestar um atendimento adequado nessas condições. É um prejuízo tanto para os médicos quanto para os pacientes”, destacou o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa.  A fiscalização na UBS Centro I identificou ainda problemas de esgotamento sanitário no banheiro.

As interdições éticas realizadas pelo CRM-PB impedem, exclusivamente, o médico de atender nas unidades de saúde. A medida tem o objetivo de preservar a dignidade do atendimento médico à população e a segurança.

Portal WSCOM