menu

Esporte

18/08/2019


Pesquisa revela aumento de pessoas que praticam atividades físicas

Os brasileiros vêm escrevendo uma nova história a partir de atividades físicas. É o que revelou, no mês de julho, a pesquisa realizada pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), que constatou um aumento no número de pessoas que praticam atividades físicas. E contribuindo com esse aumento, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através projeto ‘João Pessoa Vida Saudável’, tem oferecido aulas gratuitas para mais de 4,6 mil usuários, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos.
 
De acordo com a pesquisa, a taxa registrou um aumento de 25,7% entre os anos de 2009 e 2018. A prática de atividade física no tempo livre é algo comum entre homens (45,4%) do que as mulheres (31,8%). Já nos adultos, entre 35 e 44 anos, o aumento foi mais visível, de 40,6%. Com relação ao percentual de inatividade física, houve uma queda de 13,8% em relação ao mesmo período.
 
Maria das Neves, de 61 anos, faz parte desse aumento no número de pessoas que buscam fazer exercício físico. Participando do projeto ‘João Pessoa Vida Saudável’ há cerca de dois meses, ela revela que por incentivo da filha começou a praticar atividades físicas e vem se recuperando de uma depressão. “Eu só queria passar o dia todo na rede, deitada, e minha filha muito preocupada comigo, pois há muitos anos estive com depressão e ela me motivava a sair do conforto. Hoje eu posso dizer que venho vencendo a depressão e tenho uma qualidade de vida muito melhor”, disse com o sorrido no rosto.
 
O instrutor físico Adriano Vallo ressaltou que nos últimos anos tem aumentado a procura por qualidade de vida através das Academias da Terceira Idade (ATI) e praças da cidade. “Cada dia a gente ver gente nova chegando e esse número só aumenta. Além dos idosos, pessoas mais jovens têm buscando mexer o corpo e com certeza isso altera muito na saúde das pessoas. Aqui, nas minhas aulas, ninguém fica parado e as pessoas sempre voltam, ficam alunos fieis, pois gostam muito desse serviço oferecido pela Prefeitura Municipal”, contou.
 
E o projeto não conta apenas com pessoas novas que buscam o serviço gratuito, mas tem gente que participa há anos e recomenda para todos. “Eu estou aqui no projeto há quatro anos e quando fiquei sabendo dessa pesquisa fiquei feliz, pois realmente a gente precisa sair do conforto. Eu tenho 68 anos e minha alegria é vir pra cá, esse é o melhor momento do meu dia, pois moro sozinha e aqui é onde eu socializo com meus amigos e amigas, então vale muito à pena”, disse a dona de casa Zetinha Soares, que mora no bairro do Geisel.
 
Como participar – Sobre o João Pessoa Vida Saudável, a coordenadora do projeto, Ellen Correia, explica que quem tiver interesse em participar das aulas basta se informar com o professor responsável pelo polo do bairro onde mora. “É muito simples. Chegando ao local, o interessado pode perguntar ao professor como funciona a dinâmica do projeto e ele vai explicar o procedimento necessário e assim realizar o acolhimento. Mas para isso é necessário ter o atestado medico, pois a equipe do JPVS trabalha articulado com as unidades de saúde próximas aos polos/praças”, detalhou.
 
O projeto funciona diariamente em dois horários, pela manhã, das 5h30 às 7h30, e no período da tarde, das 16h30 às 19h30. Além desses horários fixos, cada polo tem uma programação semanal de atividades para realizar em seu território de atuação. São 46 professores de educação física e dois coordenadores que atuam em 23 praças da Capital, três Academias da Terceira Idade, seis Unidades da Saúde, Clube da Pessoa Idosa (IPM), Centro Cultural de Mangabeira, Centro de Treinamento do Valentina, entre outros locais.
 
“Oferecemos as pessoas uma orientação à caminhada, aulas de ginástica, danças, circuitos, jogos esportivos e populares, rodas de diálogo, passeios temáticos, atividades educativas e ações preventivas. Então, é um projeto muito grande que visa oferecer mais qualidade de vida da população pessoense”, destacou Ellen Correia.
 
Alerta para a obesidade – Mesmo com o aumento da procura dos brasileiros por atividade física, a pesquisa constatou também que a taxa de obesidade no país passou de 11,8% para 19,8%, entre 2006 e 2018. Segundo o estudo, houve uma alta do número de obesidade em duas faixas etárias: pessoas com idade entre 25 a 34 anos e de 35 a 44 anos. Entre fevereiro e dezembro de 2018, foram consultadas, por telefone, 52.395 pessoas maiores de 18 anos de idade, tanto nas 25 capitais do país quanto no Distrito Federal.
 
 
Planilha com locais e horários 
 

   Distrito Sanitário  
                                   Local
 
Distrito I
Praça Lauro Wanderley –          Funcionários I Rua Dr. Lauro Wanderley
PSF – VII e IX Cruz das Armas
Praça Prof. Adolfo Magalhães Neto – Esplanada
Praça Dona Nalva – Costa e Silva Rua Antônio Claudinio Leal – Costa e Silva
Rua Coronel Estevão D’Avilla Lins – Cruz das Armas – Praça do 15 Estevão D’ Avilla Lins
Academia da Saúde Hernani Sátiro Rua Dr. Maurílio de Almeida s/n Esplanada
Praça das Mangueiras – Alto do Mateus
 
 Distrito II
Praça da Amizade – Ragel Av. Dois de Fevereiro
Praça da Esperança – Gervásio Maia
Praça Manoel Pereira Júnior /Bela – Funcionários II Rua Jesse da Costa Cabral s/n
PSF – Espaço e Saúde – Cristo Rua. Horácio Trajano
Academia de Saúde Colinas do Sul Rua Aposentada Clotilde Maria da Conceição, s/n Gramame
Academia da Saúde Geisel Rua Miguel da Rocha s/n
USF Geisel II Ao lado do Distrito
Praça Erasmo Lucena – Cristo Rua Prof. Luiza Fernandes Vieira
Distrito III Praça Coqueiral – Mangabeira Rua Comerciante Alfredo Ferreira da Rocha
Centro de Treinamento do Valentina Rua Maria de Lourdes Silva s/n
Centro Cultural de Mangabeira Av. Josefa Taveira
Praça Soares Madruga – Valentina Rua Emilia Mendonça Gomes
 
Distrito IV
Praça da Cultura –Alto do Céu – Cultura/Mandacaru Rua João B. de Brito
Praça Assis Chateaubriant – 13 de Maio Rua Dep. Tertuliano de Brito
Praça da Conquista – Padre Zé Rua Ranulfo Lourenço dos Santos
Praça Onze – Jaguaribe Rua Prefeito Osvaldo Pessoa
Parque Solon de Lucena – Lagoa Lagoa – Centro
CAPS – Infantil
Residência Terapêutica
PSF- Alto Integrado
 
Distrito V
Praça Djalma Gomes da Fonseca – do Caju – Bessa Rua Café Filho
Praça Tiradentes – São Gonçalo – Torre
Praça Nossa Senhora da Paz- Castelo Branco
Praça da Paz – Bancários Rua Empr. João Rodrigues Alves
Praça Jardim São Paulo – Bancários Rua Joaquim Borba
PSF – Torre Av. Rui Barbosa n367 torre
Praça Alcides Carneiro – Manaíra
Praça da Gameleira – Tambaú Av. João Maurício de Almeida – Tambaú
CAPS – Gutemberg Botelho
PSF – Integrado São José
Clube da Pessoa Idosa – Altiplano Rua Ana Guedes de Vasconcelos, nº92 Altiplano

 
 
Total de locais de atuação do João Pessoa Vida Saudável: 
23 Praças
1 Hermes Taurino
1 Clube da Pessoa Idosa
1 Centro Cultural de Mangabeira
1 Centro de Treinamento do Valentina
6 PSFs
1 Residência Terapêutica
2 CAPS I/ CAPS
3 Academia da Saúde
 
Total = 39 locais