Pelo placar mínimo, Botafogo-PB perde para o Fortaleza na Arena Castelão e vai decidir a Copa do NE em casa; assista aos melhores momentos

Torcida fez festa nas arquibancadas do Castelão

O Botafogo-PB conseguiu segurar a pressão do Fortaleza-CE e da sua torcida durante a maior parte do tempo, mas saiu de campo derrotado pelo placar mínimo na primeira partida da decisão da Copa do Nordeste, na noite desta quarta-feira (23), na Arena Castelão, na Capital cearense. O Belo vai em busca de reverter o resultado diante do seu torcedor na próxima quarta-feira (29), às 20h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.      


Com os desfalques de sua principal estrela, o camisa 10 Marcos Aurélio, lesionado e fora pelo terceiro cartão amarelo, e do volante Rogério, também suspenso, o técnico Evaristo Piza não conseguiu fazer a equipe repetir as boas atuações que marcaram a participação do Belo na Copa do Nordeste. As demais estrelas alvinegras, a exemplo dos atacantes Clayton, Nando e Dico tiveram atuações apagadas na partida.

 

O gol do Fortaleza foi marcado por Wellington Paulista, aos 33 minutos do segundo tempo. Após cruzamento de Edinho, a zaga do Belo falhou e o experiente atacante apareceu sozinho dentro da área para abrir o placar. Com o resultado, o Tricolor do Pici vai jogar com vantagem no segundo jogo da final da Copa do Nordeste, em João Pessoa.

 

O empate no duelo de volta dá o título inédito da Copa do Nordeste ao Fortaleza. Uma vitória por um gol de diferença em prol do Botafogo-PB leva a partida para os pênaltis, em caso de triunfo por dois ou mais gols, o título é do Belo.  

MELHORES MOMENTOS

Assista abaixo os melhores momentos da partida:

PRIMEIRO TEMPO

A primeira partida da final da Copa do Nordeste ficou mais marcada pela festa da torcida nas arquibancadas do Castelão, do que propriamente pelo futebol apresentado pelos jogadores. O Botafogo-PB entrou em campo com uma proposta de jogo diferente do seu habitual, tentando apertar a marcação para segurar o ímpeto do Fortaleza, e apostando nos contra-ataques para surpreender o adversário. O Tricolor do Pici, por sua vez, teve a posse de bola, mas também não conseguiu transformar a superioridade em gol.

 

A melhor chance foi aos 17 minutos. Tinga recebeu dentro da área e cabeceou à queima-roupa em cima de Saulo, que salvou o Botafogo. Fora isso, apenas uma tentativa de Romarinho no final da etapa inicial, mas novamente o goleiro da equipe paraibana ficou com a bola.

 

Belo não conseguiu segurar a pressão do Fortaleza no Castelão

 

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, os jogadores voltaram dispostos a fugir da marcação e tentar o resultado. Mas, o panorama não foi diferente. As brechas na marcação, os problemas na criação de jogadas e os erros de passe permaneceram e fizeram os técnicos das duas equipes promoverem várias mexidas.

O Belo se fechou completamente em seu campo de defesa, atraindo o Fortaleza, que desperdiçou várias boas oportunidades, como no chute de Romarinho, que desviou em Enercino e saiu pela linha de fundo. Aos 33 minutos o gol da partida, após bela jogada de Edinho, WP9 recebeu dentro da área e só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes do goleiro Saulo.

 

Mesmo após o gol, o tricolor cearense continuou melhor e saiu para o abafa na tentativa de ampliar o placar. O jogo ficou aberto nos minutos finais, com as duas equipes buscando o gol. Mas ambas esbarram na defesa. Melhor para o Fortaleza, que larga na frente na briga pelo título.


Por Redação
Portal WSCOM