menu

Esporte

09/08/2019


Pai de Neymar agradece a todos que apoiaram o atacante em investigação de estupro

O jogador do Paris Saint-Germain foi acusado pela modelo Najila Trindade de estupro. Inquérito foi encerrado pela Polícia Civil.

REUTERS/Nacho Doce/Direitos reservados

O pai do atacante Neymar postou mensagem no Instagram agradecendo aos fãs do seu filho pelo apoio durante o caso em que ele era investigado por agressão e estupro. Nesta quinta (8), a Justiça de São Paulo decidiu arquivar o inquérito, a pedido do Ministério Público.

O jogador da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain era acusado pela modelo Najila Trindade de estupro, que teria sido cometido na capital francesa. Segundo Neymar pai, foi uma “dura jornada” de um pesadelo vivido nos “últimos e eternos dois meses”.

 

Najila registrou boletim de ocorrência acusando o jogador de estupro e agressão no dia 31 de maio, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher.

 

Os dois se conheceram por meio de mensagens em uma rede social. Neymar comprou passagens e bancou a hospedagem dela em Paris. Os crimes teriam acontecido em 15 de maio deste ano no Sofitel Arc De Triomphe. A delegada Juliana Lopes Bussacos concluiu as investigações no dia de 29 de julho e decidiu não indiciar o atacante.

 

A alegação foi que ela não ofereceu provas e mudou a versão do fato várias vezes durante a fase de investigação. Também se recusou a entregar um tablet em que haveria vídeo do estupro ou o celular que também teria as imagens.

 

“Entendemos que essa agressão narrada pela vítima fazia parte de um contexto. Pedimos várias vezes provas e a própria Najila não ofereceu. Foram exaustivas diligências. O laudo do médico onde foi atendida, ‘ah eu perdi’. No depoimento, a delegada ofereceu um computador para Najila descarregar o vídeo, que estava no celular. Ela disse que não podia, se comprometeu em voltar na próxima semana para entregar o celular e não fez”, completa.

A pedido de Neymar e de seu pai. Najila é investigada pela Polícia Civil por tentativa de extorsão e denunciação caluniosa.Leia abaixo a mensagem postada pelo pai de Neymar:”Venho novamente agradecer o apoio de todos os amigos, as orações dos fãs e a confiança dos nossos parceiros, que sempre acreditaram na inocência do meu filho.

 

Mais um passo, aliás, um enorme e definitivo passo, na dura jornada desse pesadelo que vivemos nos últimos e “eternos” dois meses.

 

Acabei de assistir o pronunciamento do Ministério Público com a decisão final, promovendo o arquivamento do inquérito que investigava a injusta acusação de estupro e agressão contra o meu filho.Filho, vida que segue e bola pra frente, sempre com a cabeça erguida, com o coração tranquilo e a paz e sossego dos inocentes.”