menu

Paraíba

09/10/2019


OPINIÃO: Walter Santos analisa efeitos de nova fase da Calvário e futuros desdobramentos

Jornalista analisa os desdobramentos da 5ª fase da Operação Calvário deflagrada na manhã desta quarta (9).

Imagem ilustrativa

Por Walter Santos
Portal WSCOM

 

Operação Calvário: nova fase com prisões e mandados criam mais suspense e passam a exigir medidas

E eis que a quarta-feira, 9 de outubro, se apresenta com fortes novidades a ampliar o nível de tensão e suspense dentro e fora do Governo do Estado diante da nova fase da Operação Calvário, que apura desvios de recursos públicos, chegando à surpreendente prisão do secretário Executivo de Turismo, Ivan Burity, e busca e apreensão na residência do secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade.

 

A rigor, a nova fase da Calvário é mais extensa e consta com outras duas prisões e inúmeras buscas e apreensões fora do Estado, a produzir muitas indagações, inclusive sobre a extensão do processo, pois há indícios e expectativas de mais desdobramentos.

 

No caso específico de Ivan Burity, a surpresa se dá porque em todas as especulações em seu nome sequer era citado, porquanto as investigações se projetam nas áreas de saúde e da educação, daí gerar o espanto da hora.

 

Além do mais, como se trata de caso de prisão, o espanto se amplia porque o GAECO, do Ministério Público da Paraíba, e o desembargador relator, Ricardo Vital, não tomariam tamanha decisão sem embasamento documental consistente.

 

DESDOBRAMENTOS

A tensão tomou conta de setores do Governo e da própria Assembleia Legislativa porque as novas fases começam a afetar diretamente novos integrantes da equipe, o que empurra o governador João Azevêdo a tomar providências, entre as quais até estudar o afastamento de envolvidos.

 

Por conta desta conjuntura e como consequência plausível do caso, a relação do governador deve tencionar ainda mais com o ex-governador Ricardo Coutinho, se acaso ele afastar pessoas próximas do líder socialista para se precaver.

 

O pior é que, nas especulações já se projetam novas fases da Operação Calvário.

 

Diante do cenário, a grande dúvida é saber o alcance do processo e como respingará ou não na sucessão municipal de 2020.

 

É altíssima a tensão.

 

UMAS & OUTRAS

…O GAECO tem agido de fato com autonomia. Nesta 4a, por exemplo, corregedores do MPPB souberam da nova fase da Calvário pelo motorista.
…Enquanto a operação se efetua na capital, o procurador-Geral de Justiça se mantém no interior do estado em reuniões conjunturais com base do ministério público. Nesta quarta ele está em Patos.
…A conjuntura político-partidária está em contagem regressiva até final de novembro. Vamos explicar em detalhes as mudanças em curso.

 

ÚLTIMA
“Onde houver trevas/que eu leve a luz”

 

LEIA MAIS: Secretário de turismo da Paraíba é preso durante nova fase da operação Calvário