menu

Policial

03/01/2013


Errata e pedido de desculpas

Nós do WSCOM viemos através da presente carta aberta pedir formalmente desculpas ao excelentíssimo senhor delegado Alberto do Egito, que teve seu nome e sua reputação maculados por um descuido da nossa redação da matéria publicada no dia 9/11/2012, de cujo título lia-se “Ministro determinou operação que desarticulou grupos de extermínio na PB”.

Acontece que o excelente delegado não teve envolvimento algum com a Operação Squadre, tampouco chegou a ser preso pela mesma.

Os mais sinceros pedidos de desculpa da equipe da WSCOM ao senhor delegado Alberto do Egito, seus amigos, parentes e familiares.