WSCOM corrige informação publicada sobre suspensão de escolha para novo desembar - WSCOM

menu

Paraíba

08/06/2006


WSCOM corrige informação publicada sobre

O Portal WSCOM Online equivocou-se, nesta quarta-feira, ao publicar informação do Conselho Nacional de Justiça que suspendeu o concurso para escolha de novo desembargador para o Tribunal de Justiça. O nome do desembargador que ficaria impedido de disputar novamente o cargo é Marcio Murilo, e não Abraham Lincoln como foi mencionado.

A Redação pede desculpas aos leitores e personalidades mencionadas pelos transtornos causados pela publicação errônea.

Segue, na integra, a informação corrigida.

O Conselho Nacional de Justiça, por meio do conselheiro Cláudio Godoy, deferiu a liminar impetrada com o objetivo de suspender o concurso para preenchimento de vaga de desembargador aberta após a aposentadoria do ex-presidente do Tribunal de Justiça, João de Moura. O desembargador Márcio Murilo, que ocupa o cargo, poderia perder a vaga e ficar impedido de concorrer novamente num novo pleito.

A liminar foi impetrada pelos advogados que questionam a rigidez do concurso. Conforme o critério de preenchimento da vaga aberta, concorrerão juízes remanescentes de lista anterior, indicados na promoção que os advogados querem ver anulada.

Caso a nova escolha acontecesse, o desembargador Márcio Murilo, promovido no concurso anterior, ficaria suspenso do novo processo de preenchimento da vaga. Os advogados consideram essa medida um prejuízo duplo para ele.

A decisão do CNJ foi encaminhada ao Plenário do TJ para ser ratificada pela Mesa Diretora.