Weick lembra cassação de governadores em Roraima e Piauí e pede o mesmo na PB - WSCOM

menu

Política

30/07/2007


Weick lembra cassação de governadores



Marcelo Weick fazendo alegações à Corte Eleitoral

O advogado Marcelo Weick reiterou os pontos sustentados, de que o julgamento não está analisando apenas a distribuição dos cheques, mas um conjunto de irregularidades que prejudicou o pleito. “O futuro está nas mãos de vossas senhorias, e a decisão vai nortear a atuação dos candidatos nas próximas eleições”, disse.

Weick exemplificou a atuação da Justiça Eleitoral em outros dois estados: Mão Santa, no Piauí, e Flamarion Portela, em Roraima, levando o acórdão como documento ilustrativo de sua argumentação.

“Os casos são semelhantes porque não só os referidos governadores atenderam pessoalmente os eleitores nos programas, como utilizaram imagens no guia eleitoral”, disse, pedindo a posse da segunda chapa, encabeçada pelo senador José Maranhão, nas eleições de 2006.

Notícias relacionadas