“Violência na Paraíba exige um plano emergencial do governo”, diz Cássio - WSCOM

menu

Política

02/02/2018


Cássio exige plano de segurança na PB

ASSALTO SHOPPING

Após mais uma ação ousada de bandidos contra um estabelecimento comercial de Campina Grande, o senador Cássio Cunha Lima cobrou de maneira enfática, nesta sexta-feira (2), que o Governo do Estado defina imediatamente um plano emergencial de segurança pública. “A violência está sem controle e o governo precisa sair da acomodação e reagir, estabelecendo um plano emergencial para todo o Estado, mas principalmente para cidades como Campina, onde os bandidos já agem sem qualquer preocupação”, afirmou.

Na noite desta quinta-feira, bandidos armados promoveram um assalto a um supermercado dentro do shopping Partage, no bairro do Catolé, em Campina Grande, exatamente no momento em que funcionários recolhiam dinheiro dos caixas. Um funcionário do supermercado chegou a ser mantido como refém. A escalada de violência, segundo entidades da sociedade civil, já vem afetando o comércio da cidade, assim como tem ocorrido em outros municípios do Estado.

“O fato é que o governo perdeu o controle da violência na Paraíba. Faltam policiais e falta coordenação da cúpula do governo. É preciso admitir isso para que se adote as providências necessárias e urgentes”, argumenta o senador. “A sensação de insegurança cresce rapidamente na Paraíba. Assustada, a população tem sido vítima de um ataque a banco a cada três dias no Estado, de ataques ainda mais frequentes ao comércio. Sem um plano emergencial, as quadrilhas ficarão ainda mais ousadas”, alertou.

Notícias relacionadas