Villepin é investigado em caso forjado de corrupção na França - WSCOM

menu

Internacional

27/07/2007


Villepin é investigado em caso



Villepin teria tentado atrapalhar caminho de Sarkozy à presidência

O ex-primeiro-ministro francês Dominique de Villepin está sendo investigado formalmente sob alegações de ter forjado um caso de corrupção envolvendo o presidente Nicolas Sarkozy.

A acusação remonta ao ano de 2004, quando Villepin teria incluído o nome de Sarkozy, então ministro do Interior, numa lista falsa de políticos franceses que teriam recebido propina na venda de navios de guerra em 1991.

Villepin está sendo investigado por “cumplicidade em denúncias caluniosas, quebra de confiança, e por forjar e fazer falsas acusações”, disseram fontes ligadas à investigação.

Manobra política – Depois de prestar depoimento na manhã desta sexta-feira, Villepin voltou a insistir que nunca se envolveu em nenhum “esquema de manobra política”.

“Em nenhum momento solicitei investigações sobre políticos”, disse.

No início do mês, dois investigadores já haviam realizado buscas no apartamento e nos escritórios do ex-premiê.

A justiça está investigando evidências que provem que Villepin tenha tentado manchar a imagem de Sarkozy para minar suas chances de chegar à presidência.

Na época, Sarkozy foi acusado de manter contas secretas na instituição financeira Clearstream, em Luxemburgo, onde estaria guardando o dinheiro obtido com recebimento das propinas.

Posteriormente, foi concluído que as acusações de corrupção contra Sarkozy eram falsas.

Os investigadores ainda sinalizaram que o ex-presidente francês Jacques Chirac também poderá ser ouvido no caso.

Chirac já negou ter conhecimento sobre o assunto e insiste que tem direito à imunidade permanente em relação a qualquer ato cometido durante o tempo em que foi presidente.

Notícias relacionadas