Vigilante de empresa de segurança é morto a tiros na Capital - WSCOM

menu

Policial

16/07/2009


Vigilante de empresa de segurança

A pessoa assassinada nas proximidades do edifício ‘Quatro Estações’, na Avenida Ministro José Américo de Almeida (Beira Rio) na Capital, já foi identificada pela Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal. Trata-se do vigilante Germano Queiroz dos Santos, de 47 anos. Ele foi morto com três tiros.

Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 17h desta quinta-feira (16). A polícia tomou conhecimento de que Germano pilotava uma moto naquela avenida, uma das mais movimentadas da cidade. Próximo a Sindicato dos Bancários reduziu a velocidade ao se aproximar de uma lombada. Ele não percebeu que estava sendo seguido por outra moto com dois homens.

A dupla efetuou vários disparos que atingiram o vigilante. Germano morreu no local. A vítima residia na Rua Monte Castelo, Bairro de Mandacaru e trabalhava numa empresa de segurança da capital.

Como a autoria é desconhecida as investigações ficarão a cargo da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios) da Capital. Apesar de ser uma avenida bastante movimentada no final de maio outra pessoa foi morta. A vítima foi o empresário Sebastião Luiz, que chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma, onde faleceu dois dias depois. Acerto de contas ou vingança são os motivos investigados pela polícia.

Notícias relacionadas