Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa - WSCOM

menu

Política

14/02/2019


Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa

Na imagem o senador eleito, Veneziano Vital

Ao saber pela imprensa da iniciativa dos aliados do Prefeito de Campina Romero Rodrigues, que aprovaram nesta quinta-feira (14), um Projeto de Lei, que estabelece dentre outras medidas uma Parceria Publico Privada para o sistema de Captação, Tratamento e Abastecimento de água, Coleta e Tratamento de Esgotos na cidade, fornecido atualmente pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), criticou a iniciativa, destacando que essa é mais uma iniciativa do grupo Cunha Lima de vender o que é do povo.

“O grupo que administra Campina, como de sempre tenta vender o que é do povo, a Celb foi dessa forma e agora tentam novamente fazer isso”, disse Veneziano, pois lembrou que o projeto apresentado e aprovado na manhã desta quinta-feira (14.02), deveria, no mínimo, ser melhor avaliado, uma vez que foi protocolado na casa, apenas, no dia 12/02. “Assim como fizeram com a Celb na calada da noite, fizeram agora com essa PPP que praticamente acaba com a Cagepa na cidade”, afirmou.

Para a Vereadora Pâmela Vital do Rêgo Freire, que votou contra o projeto, a iniciativa foi um claro desrespeito aos demais projetos em tramitação na Casa e uma ânsia sem precedente da Prefeitura conseguir alguma Parceria Público-Privada ainda não dita a população. “Vale salientar que isso significa ser sem licitação, ser um valor maior de 10 milhões de reais e valer por mais de cinco anos. Isso é um absurdo passar da forma que aconteceu! Pode ter certeza que recorreremos via judicial para impedir o prosseguimento desse PL.”

Veneziano lembrou que Campina, nos anos 2000, perdeu a sua Companhia de Eletricidade, a Celb, num processo de venda que ainda hoje a Prefeitura é cobrada. O Senador disse que a partir desta PPP, onde a Prefeitura pretende assumir os destinos das Cagepa (fornecimento de água e de saneamento), haverá uma reedição da mesma história da Celb: “Um patrimônio perdido, com risco para os trabalhadores e a adoção de aumentos tarifários acima da nossa realidade”. A ideia da PMCG segundo Veneziano é executar a PPP em diversos setores do serviço público, nas áreas de turismo, desenvolvimento sustentável, etc.