Veneziano cobra repasses do ICMS; Cássio diz que Estado não tem dinheiro, mas co - WSCOM

menu

Política

14/10/2005


Veneziano cobra repasses do ICMS;

O prefeito de Campina Gande, Veneziano Vital do Rêgo e o governador Cássio Cunha Lima estiveam reunidos no início da tarde desta quinta-feira em audiência no Palácio do Bispo, sede do governo municipal campinense. Na oportunidade, o principal assunto aboirdado partiu da cobranca do prefeito de Campina sobre os repasses do ICMS para a cidade.

Segundo relatou Veneziano a Cássio, a cidade já foi penalizada em aproximadamente R$ 70 milhões, desde que houve alteração na lei que determinou os percentuais de distribuição do ICMS aos municípios. Na audiência, o prefeito cobrou os valores. “Isso foi objeto de promessa de campanha do então candidato Cássio Cunha Lima e deve ser cumprido”.

O governador ouviu atentamente a cobrança e disse que o Estado não dispunha de recursos para fazer o repasse do valor cobrado. Porém, afirmou que a cidade estava sendo compensada através de “investimentos em obras que temos trazido para Campina”.

Outra proposta foi a de parcelamento dos cerca de R$ 70 milhões. Porém, não houve avanço na negociação. Durante a audiência o governador disse que tal compensação não poderia ser feita porque, se assim o fizesse, outras cidades penalizadas poderiam reivindicar, e o Estado não teria condições de arcar com os valores.

Notícias relacionadas