Velório de um dos fundadores do Unipê acontece hoje e, sepultamento, amanhã - WSCOM

menu

Paraíba

18/04/2017


Sepultamento de Colaço acontece amanhã

FUNDADOR DO IPÊ

Foto: autor desconhecido.

O Centro Universitário de João Pessoa – Unipê, por meio de sua reitora, Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca, do seu vice-reitor, Oswaldo Trigueiro do Valle, e de toda a sua comunidade acadêmica, externa o seu profundo pesar pelo falecimento de um dos fundadores da Instituição, o professor Flávio Colaço Chaves, neste 17 de abril de 2017. Em virtude do falecimento do fundador, não haverá aula nem expediente no dia de hoje (18).

O velório de Colaço ocorrerá hoje, às 11h, na Funerária Morada da Paz, localizada em Jaguaribe, na capital, e o sepultamento será realizado amanhã (19), às 11h, no Cemitério Parque das Acácias, localizado no José Américo.

Professor Flávio Colaço Chaves

Flávio Colaço nasceu no dia 29 de julho de 1928, no município de Pedra Lavrada, na Paraíba. Padre afastado do seu sacerdócio, Colaço licenciou-se em Filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco – Unicap/PE e em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma. O fundador tinha bacharelado em Direito Canônico pela mesma Instituição e bacharelado em Direito pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB. O fundador também foi membro da Academia Paraibana de Letras Jurídicas – APLJ.

Sua trajetória foi marcada por relevantes serviços a instituições de ensino voltadas à comunidade, com foco nas crianças carentes. Em seu currículo, ainda, em 1991, exerceu o cargo de vice-reitor da UFPB, onde também foi professor do Centro de Ciências Jurídicas – CCJ.

Dentre os positivos legados deixados por Colaço, o professor deixa duas filhas e viúva. A professora e segunda continuadora Ana Maria Nóbrega Chaves Guerra, a diretora de desenvolvimento organizacional Ana Flávia Chaves e a secretária executiva do associado fundador Flávio Colaço Chaves Xélia Gadelha Chaves.

Fundador do Ipê

Foi do sonho de Colaço e mais cinco religiosos e apaixonados pelo magistério que nasceu o Instituto Paraibano de Educação – Ipê (árvore símbolo do Brasil). Este sonho se concretizou em 21 de junho de 1971. Pouco tempo depois, veio o atual Unipê, consolidado, atualmente, como um tradicional complexo universitário privado do estado da Paraíba e da região.

Ousados e com grande visão de futuro, os fundadores do Unipê, Afonso Pereira da Silva, Flávio Colaço Chaves, José Loureiro Lopes, José Trigueiro do Vale, Manuel Batista de Medeiros e Marcos Augusto Trindade, apostaram na ideia de ampliar o sistema de educação superior na Paraíba, beneficiando a sociedade do estado por meio do Ipê. Hoje, o complexo é referência em ensino superior privado na Paraíba e no Brasil.

Notícias relacionadas