Valdeno Brito termina corrida em 15º lugar - WSCOM

menu

Automobilismo

17/04/2011


Valdeno Brito termina corrida em 15º

Stock car

Foto: autor desconhecido.

Sob forte calor, Átila Abreu venceu novamente em Ribeirão Preto. Campeão da prova em 2010, o sorocabano conseguiu a sua segunda vitória no travado circuito de rua do interior paulista. O paraibano Valdeno Brito, apesar de ter largado no 31º lugar, terminou a corrida em 15º.

O piloto da AMG Motorsport ganhou a primeira posição, que era de Burti, com uma melhor parada para reabastecimento e não deixou mais a vitória escapar. Max Wilson e Cacá Bueno completaram o pódio. Com o triunfo, Átila chegou aos 46 pontos é o terceiro colocado na classificação geral, ao lado de Cacá Bueno. O líder é Max Wilson com 52, seguido por Thiago Camilo que está com 47 .

– Eu tenho muito carinho por Ribeirão (Preto). Eu também sou do interior, sou de Sorocaba, e, desde o primeiro dia, tive uma química muito grande com esse circuito de rua – comemorou.

Luciano Burti largou muito bem e conseguiu manter a primeira posição no início da prova. Na terceira volta, Átila Abreu ultrapassou Cacá Bueno utilizando o botão de ultrapassagem e conquistou a segunda posição. Na quinta volta, Allam Khodair também ultrapassou o piloto da RBR, que caiu para o quarto lugar.

Na nona volta, Burti parou para fazer o reabastecimento e errou o trajeto na entrada nos boxes. Além de perder a posição na pista para Átila Abreu, o piloto da Boettger Competições foi penalizado e teve que cumprir drive uma passagem extra pelos boxes.

– Eu estava suando muito, o suor entrava no meu olho e estava ardendo. Na hora que entrei no boxe, tentei limpar e, por isso, perdi a linha certa. É um erro imperdoável. Mas as vezes o cérebro desliga um pouco e a gente faz esse tipo de bobagem – disse Burti.

Na 12ª volta, Antônio Pizzonia bateu e provocou bandeira amarela por cinco voltas. Na relargada os cinco primeiros eram: Átila Abreu, Allam Khodair, Max Wilson, Cacá Bueno e Marcos Gomes.

Mesmo com problemas na caixa de direção, Cacá Bueno partiu para cima de Max Wilson, mas o travado circuito de Ribeirão Preto não facilitava a ultrapassagem. Na ponta, Átila Abreu conseguia se desgarrar do pelotão.

Nonô Figueredo foi mais um a encontrar o muro e dar adeus a corrida, desta vez na 22ª volta. Após a relargada as primeiras posições não sofreram alterações. Em vão, Khodair pressionava Átila em busca da liderança. Luciano Burti e Daniel Serra abandonaram a prova com problemas no carro.

A sete voltas do fim, Tuka Rocha e Rodrigo Navarro bateram na mesma curva e provocaram mais uma bandeira amarela, que durou três voltas. Na relargada, Allam Khodair cochilou e Max Wilson "roubou" a segunda posição do piloto da Vogel Motorsport. Na sequência, Cacá Bueno também ultrapassou o carro 18 e alcançou o terceiro lugar no pódio. Nas voltas finais, Átila Abreu conseguiu se manter na frente garantiu a sua segunda vitória na Stock Car e no circuito de rua de Ribeirão Preto.

 

Confira a classificação final da etapa de Ribeirão Preto (SP)

1 – Átila Abreu
2 – Max Wilson
3 – Cacá Bueno
4 – Allam Khodair
5 – Ricardo Maurício
6 – Marcos Gomes
7 – Xandinho Negrão
8 – Thiago Camilo
9 – Júlio Campos
10 – Popó Bueno
11 – Felipe Maluhy
12 – Giuliano Losacco
13 – Eduardo Leite
14 – Duda Pamplona
15 – Valdeno Brito
16 – Lico Kaesemodel
17 – Cláudio Ricci
18 – Diego Nunes
19 – Alan Hellmeister
20 – David Muffato
21 – Rodrigo Navarro
22 – Rodrigo Sperafico
23 – Tuka Rocha
24 – Daniel Serra
25 – Luciano Burti
26 – Nonô Figueiredo
27 – Alceu Feldmann
28 – Alberto Valério
29 – Antonio Pizzonia
30 – Antonio Jorge Neto
31 – Ricardo Zonta
32 – Denis Navarro
 

Notícias relacionadas