Usina Cultural Energisa abre exposição ‘Desconstrução’, de Genilda Lellys Nóbrega - WSCOM

menu

Artes

06/06/2018


Usina Cultural Energisa abre exposição ‘Desconstrução’, de Genilda Lellys Nóbrega

Foto: autor desconhecido.

Nesta quarta-feira, 06 de junho, acontece a abertura da exposição ‘Desconstrução’, mostra individual da artista plástica paraibana Genilda Lellys Nóbrega. A abertura acontece às 19h, na Galeria Alexandre Filho, na Usina Cultural Energisa, em João Pessoa. A exposição fica em cartaz de 06 a 23 de junho,

A mostra ‘Desconstrução’ traz cerca de 20 trabalhos entre desenhos, pinturas e esculturas em ferro, todos produzidos entre 2014 e 2018. A exposição tem curadoria do artista visual Dyógenes Chaves.

Natural de João Pessoa e filha de pais sertanejos, Genilda Lellys Nóbrega não nega as origens, pois determinação, perseverança e audácia visíveis em seus trabalhos. A artista não se cansa de experimentar o metal e suas várias possibilidades de apresentação ao elegê-lo para o seu trabalho ora em forma cilíndrica ora em forma de chapa. Mas, na presente mostra, é o metal cilíndrico que ela vai explorar valendo-se da forma primeva  do clipe, esse pequeno objeto tão “assíduo” nos escritórios e que doravante nos convida a um novo olhar. “Uma obra de singularidades, no plural, mesmo, apesar de minimalista. Cada singularidade vai assumindo uma diversidade infinita de imagens que vão além do brilho do metal cilíndrico de onde nascem ou das peças de chapa de metal”, revela o jornalista Kubitscheck Pinheiro.

Sempre antenada com as propostas da contemporaneidade, a artista costuma visitar Salões de Arte, Bienais e museus do Brasil e dos grandes centros de arte do primeiro mundo, bebendo na fonte as informações estéticas e de história da arte que tais espaços podem lhe proporcionar.

“Genilda Lellys sempre primou por exibir somente o melhor da sua produção, já no início da sua trajetória foi premiada no 1º Salão Multicultural da Paraíba, que aconteceu no Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande, Paraíba, em outubro de 2017”, conta Eudes Rocha (ABCA).

Na presente mostra, Lellys Nóbrega também exibe algumas telas de sua lavra e que, segundo sua própria definição seriam: “múltiplos de uma mesma figura geométrica ou não, que formam algo figurativo humano, animal ou vegetal.”

Serviço

Desconstrução – Genilda Lellys Nóbrega

De 06 a 23 de junho de 2018. Visitação de terça a domingo, das 8h às 11h30, das 14h às 17h

Galeria Alexandre Filho, Usina Cultural Energisa

Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 – Tambiá – João Pessoa-PB

www.usinaculturalenergisa.com.br