Um mês depois: Diário da Justiça publica acórdão com cassação de Walter Brito Ne - WSCOM

menu

Política

02/05/2008


Um mês depois: Diário da



Walter Brito Neto foi o primeiro deputado federal cassado por infidelidade partidária

O Diário da Justiça publicou na edição desta sexta-feira o acórdão da cassação do mandato do deputado federal Walter Brito Neto (PRB). A publicação acontece mais de um mês após o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral. O deputado paraibano foi cassado no dia 27 de março por infidelidade partidária a pedido de seu ex-partido, o Democratas.

A publicação do acórdão é o primeiro passo para que a Mesa Diretora da Câmara Federal possa declarar a perda do mandato. Mas o regimento interno prevê direito de “ampla defesa” do deputado.

Brito Neto já antecipou que irá recorrer da decisão no próprio TSE. Ele poderá ainda entrar com recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Brito Neto declarou, em sua defesa, que estava seus princípios pessoais estavam em rota de colisão com o DEM. Ele também se queixou de perseguições.

Notícias relacionadas