UBAM realiza Encontro de Prefeitos em Recife e filia 47 prefeitos pernambucanos - WSCOM

menu

Política

30/04/2011


UBAM filia 47 prefeitos pernambucanos

Unidade

Foto: autor desconhecido.

A União Brasileira de Municípios (UBAM) finalizou ontem, às 20h, o Encontro de Prefeitos do Nordeste, no Auditório do Empresarial JCPM, em Recife-PE. O evento foi muito prestigiado por centenas de prefeitos que, na ocasião, representaram os Municípios de todo o Nordeste, o que proporcionou novas filiações e de 47 Municípios só do Estado de Pernambuco.

O presidente da UBAM, Leonardo Santana, fazendo uma avaliação do Encontro, disse que além de promover o fortalecimento dos municípios, os eventos promovidos pela UBAM estão se tornando um elo muito forte entre a entidade e os Prefeitos de todo país, principalmente pelas parcerias celebradas com o meio empresarial e com o setor público, para implementação de importantes projetos, que certamente vão angariar recursos para os pequenos e sofrido Municípios.

“Estamos avançando. E neste evento conseguimos alcançar nosso objetivo que é fortalecer o movimento municipalista, em defesa de todos os municípios brasileiros. Em cada Estado que chegamos constatamos certo abandono que o governo da União dispensa aos pequenos entes da federação, sem se importar com a situação de calamidade pública, motivada pela falta de incentivo à gestão e acompanhamento das administrações municipais", disse Leonardo.

"Os Municípios não têm apoio para promoverem a educação, a saúde e a segurança de seus cidadãos. Mais tudo isso é dever do Estado (União). Algumas prefeituras só estão funcionando ainda porque possuem homens de bem, que foram escolhidos pelo povo. Mas esses Prefeitos sofrem perseguição de todos os lados, através do controle externo exagerado e por conta de um federalismo falido, onde só quem manda é o governo da União, que não consegue fazer com que o congresso nacional vote as matérias de interesse do país, o qual engaveta o projeto da reforma tributária, não regulamenta a emenda 29 e não promove um ajuste no pacto federativo – se é que esse pacto em algum tempo existiu”, concluiu.

Uma das palestrantes, que é Secretária de Planejamento Adjunta do Ministério da Justiça, Márcia de Souza Machado, enfatizou a importância de se realizar Planejamento Estratégico, para se captar recursos para os municípios, destacando que existem recursos e o que falta são projetos.

No evento ficou estabelecido que os Prefeitos terão uma audiência com a Presidente Dilma Roussef, acompanhados pelos deputados e senadores que compõem a Frente Municipalista no Congresso Nacional, para exigirem a reposição dos recursos subtraídos do FPM, que somam mais de 2 bilhões em perdas, e a liberação dos emendas de bancadas e parlamentares que beneficiarão os Municípios.

Os Prefeitos também vão reclamar à presidente a atuação do IBGE que realizou uma recontagem populacional diferente, segundo eles, da realidade dos Municípios, os quais tiveram perdas de recursos.

Notícias relacionadas