Trump anuncia expulsão de 60 russos dos EUA - WSCOM

menu

Internacional

26/03/2018


Trump anuncia expulsão de 60 russos dos EUA

A medida é uma retaliação contra o envenenamento de um ex-espião russo na Inglaterra que, segundo Londres, foi arquitetado por Moscou

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta segunda-feira (26) a expulsão de 60 russos – incluindo diplomatas e outros funcionários do governo – de seu território e o fechamento do consulado russo em Seattle.

A medida é uma retaliação contra o envenenamento de um ex-espião russo na Inglaterra que, segundo Londres, foi arquitetado por Moscou.

De acordo com a Associated Press, fontes do governo americano afirmam que os russos expulsos eram “espiões trabalhando nos EUA sob uma capa diplomática”. Também estão na lista do governo russos que integravam a missão do país nas Nações Unidas.

Os diplomatas e funcionários do governo expulsos terão sete dias para deixar os EUA. Eles não tiveram seus nomes divulgados e, segundo a Associated Press, pediram anonimato. Segundo essas mesmas fontes, o consulado de Seattle recebeu maior atenção por parte dos serviços de inteligência por causa de sua proximidade com a Base Naval dos EUA.

O movimento é uma das ações mais severas do governo Trump em direção a Moscou e ao presidente russo, Vladimir Putin. Menos de uma semana atrás, o líder americano cumprimentou Putin por sua reeleição, mas não entrou no assunto do envenenamento.

A atitude de Trump vem na sequência de uma série de movimentos de outros países, incluindo vizinhos da Rússia, que anunciaram ou devem anunciar medidas que vão reduzir a presença diplomática da Rússia em seus países. Em solidariedade ao Reino Unido, a França e a Polônia também anunciaram a expulsão de quatro diplomatas cada um.

G1

Notícias relacionadas