Treze sofre dura derrota para o Ferroviário e se complica na busca pelo título da quarta divisão - WSCOM

menu

Futebol

31/07/2018


Treze sofre dura derrota para o Ferroviário e se complica na busca pelo título da quarta divisão

Foto: autor desconhecido.

Na noite desta segunda-feira (30), em Fortaleza, o Treze visitou o Ferroviário na primeira partida das finais da Série D do Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo o Galo foi mal, e saiu perdendo por um gol de diferença para o intervalo. Na segunda etapa, o alvinegro era melhor e desperdiçou várias chances até acabar castigado. O Ferrão venceu por 3 a 0, e abriu boa vantagem para ficar com o título.

O início da partida foi de ataque contra defesa. Enquanto o Tubarão cearense atacava, o Treze apenas esperava o adversário no seu campo. O goleiro trezeano teve boas intervenções para segurar a ofensiva tricolor nos primeiros minutos.

Aos 17 minutos, a estrela de Mauro Iguatu, grande nome do Galo na Série D, começou a aparecer. Após cobrança de escanteio da direita, Luís Soares cabeceou e o arqueiro alvinegro fez grande defesa. A bola bateu no travessão, em cima da linha, e Talisson afastou. Os jogadores do Ferroviário pediram gol, mas a bola não entrou.

Mas aos 23, o time cearense abriu o placar. Edson Carius recebeu na esquerda, tocou para trás, onde encontrou Janeudo, que ajeitou o corpo e tocou de pé direito, no canto esquerdo do goleiro trezeano, que se esticou mas nada pode fazer para evitar o primeiro gol do jogo.

No segundo tempo, aos 8 minutos, Ceará invadiu a área pela esquerda, passou por dois marcadores e tocou de bico, de pé direito, mas a bola passou a esquerda da meta do Ferrão.

O Treze passou a jogar melhor e aos 12 minutos, Marcelinho Paraíba, em cobrança de falta, quase empatou, mas o arqueiro pulou no canto esquerdo e espalmou pela linha de fundo.

Aos 15, Ceará novamente avançou pela esquerda e cruzou para o meio, onde Leandro Love apareceu livre e chutou de canhota, mas a bola explodiu no travessão.

No melhor momento do Galo, veio um duro golpe. Após cruzamento de esquerda, a marcação não acompanhou e Edson Cariús cabeceou livre, aos 21 minutos, marcando o segundo do jogo.

Para complicar a situação do alvinegro no jogo da volta, além de ter perdido Ítalo e Ceará terem sido suspensos pelo terceiro cartão amarelo, aos 32, Silva foi expulso direto após cometer falta muito dura.

No fim do jogo, aos 41, Nilson Júnior tocou para Dedé, que dormiu e viu Robson Simplício roubar a bola e tocar, da entrada da área, no canto esquerdo de Mauro Iguatu, para fechar o placar.

Para a partida do Amigão, no próximo sábado (04), o Treze precisará vencer por quatro ou mais gols de diferença para ser campeão. Se fizer três de vantagem, a decisão irá para os pênaltis. Qualquer outro resultado, o time de Marcelo Vilar leva o troféu para Fortaleza.

Voz da Torcida

Notícias relacionadas