Três pessoas são baleadas em Sapé; duas morrem e acusados já estão presos - WSCOM

menu

Policial

03/07/2009


Três pessoas são baleadas em

Policiais da 17ª Companhia da PM, com sede em Sapé, conseguiu prender em poucas horas os acusados o vigilante Marinaldo Pereira do Nascimento, 27 e o segurança Josivaldo Gomes da Rocha, 23 anos. Ambos são acusados de duplo homicídio na noite desta quinta-feira, 2, no Assentamento Fazenda Boa Vista, zona rural de Sapé. Com eles foram apreendidas uma moto e uma espingarda calibre 20.

As vítimas do duplo homicídio foram o agricultor José Luiz dos Santos, 27, que morava no Assentamento Fazenda Boa Vista e Fábio Trajano da Silva, 17 anos, que morava na Fazenda Cuité. No Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa, está internado o agricultor José Felipe da Silva, de 29 anos, residente no Sítio Cuité, todos no município de Sapé.

Através de uma testemunha, Severino José de Oliveira Filho, a polícia soube que o vigilante Marinaldo e o segurança Josivaldo, ambos residentes em Sapé, seguiram as vítimas e efetuaram vários disparos contra Luiz, Fábio e Felipe, alvejados no peito, cabeça e braços. As duas primeiras vítimas morreram no local e a terceira foi socorrida até o Hospital Sá Andrade de Sapé e logo em seguida foi transferida para o Traumas.

Segundo a polícia um dos acusado, Marinaldo, chegou a telefonar para a Delegacia de Polícia de Sapé e também para o Copom da Companhia da PM informando que três pessoas haviam sido baleadas e pedia a presença das autoridades do local.

Após versão de testemunhas conseguiram prender os dois acusados. A polícia soube que um dos envolvidos tem inimizade com Felipe. O delegado Alan Murilo Murriel lavrou o auto de prisão em flagrante.

Notícias relacionadas