WS: uso de Fake News e robôs na Internet no caso Trauma tenta confundir e destruir saldo ímpar de RC, líder da Esquerda - WSCOM

menu

Política

12/02/2019


WS: uso de Fake News e robôs na Internet no caso Trauma tenta confundir e destruir saldo ímpar de RC, líder da Esquerda

Blog traz análise apontando tática de confundir Trauma com a Cruz Vermelha do Rio e Sérgio Cabral

Fake News na Internet tem misturado opinião e acusado de forma grave à Base tática do ex-governador Ricardo

O Blog do jornalista e analista político Walter Santos traz, neste terça-feira (12), uma análise aprofundada sobre as táticas usadas pelo movimento THINK TANK, o MBL, inimigos políticos e blogueiros a serviço de confundir as supostas “irregularidades” nos Hospitais de Emergência e Trauma da Paraíba, a Cruz Vermelha e Sérgio Cabral para tentar desconstruir o saldo sem igual do Governo Ricardo Coutinho.

Segundo o publisher, as acusações tem um foco principal: atingir a gestão exemplar do socialista e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. Na síntese, WS faz o uso da teoria do “Think Tank” ou “laboratório de ideias”, que tem como objetivo dissimular as informações, tirar o foco do leitor e trazer a imagem de um condenado, nesse caso o ex-governador do Rio e, associa-lo a outro, sendo o alvo da vez RC, mostrando que ambos os casos são totalmente distintos e não podem ser confundidos pela opinião pública. 

Leia na íntegra o texto:

A cultura “Think Tanks”, da Inteligência Artificial, age forte na Paraíba com foco em destruir êxitos de Ricardo Coutinho

O ano de 2019 começou muito animado nas terras Tabajaras com a explosão nas últimas semanas de reportagens transformadas, em fase posterior, em Fakes News (notícias falsas) com denúncias misturadas da Cruz Vermelha à base do enredo real e escandaloso do Rio de Janeiro (Sérgio Cabral), cujo sutil ou escancarado mote principal tem como objetivo destruir o saldo e a imagem do ex-governador Ricardo Coutinho, sobretudo agora que é referência nacional de Esquerda. Este é o principal enredo.

 

Há, além de necessárias investigações, a reprodução manipulada de acusações como a intuir que o Governo sem impar de RC fora fruto igual a Cabral – neste caso comprovado – de desvios de R$ 1 bilhão no Traumas -, algo absurdo de se admitir diante dos fatos narrados até agora. A tática é simples: confundir, mentir como escândalo, na mesma onda anti-petista para criar caldo cultural na massa.

 

Esta é ampla síntese servindo, sem tirar nem por, da nova realidade utilizada pelos desafetos do ex-governador alinhados com experts patrocinado$ em uso massificado da robotização nas Redes Sociais confundindo e disseminando notícias falsas, mentiras querendo, como disse, destruir o saldo exitoso de governo de Ricardo.

 

THINK TANK, CRUZ VERMELHA, RIO DE JANEIRO…

Nas últimas décadas, diversas gerações brasileiras/paraibanas foram abordadas e trazidas, à partir da computação e da Inteligência Artificial, a participar de um movimento internacional bancado pelos magnatas do petróleo disseminando o que se chama “Think Tank”, ultimamente de base ultra direita, visando destruir personagens e a estrutura socialista ou próxima disso. Este contexto é o mesmo da base estratégica de hoje na Paraíba.

 

Confundindo Cruz Vermelha, Rio e desvios de Cabral

Para chegar a João Pessoa nessa disseminação nefasta com apoio de setores da Mídia e da política, o quadro primeiro criado foi misturar os roubos astronômicos comprovados do Governo Cabral no Rio pondo no bolo a Cruz Vermelha, que enfrenta problemas, mais na fase seguinte a gestão do Hospital de Trauma de João Pessoa, além de delação de empresário (outra estória), cuja meta é confundir tudo e querer acusar secretários de governo do desvio de R$ 1 bilhão – algo em tese impossível de se efetivar.

 

O QUE SÃO OS “THINK TANKS”

“Think tanks são instituições que se dedicam a produzir e difundir informações sobre temas específicos nas Redes Sociais, na Internet. Seus objetivos são influenciar ideias na sociedade e decisões na política.

 

Em um mundo cujos problemas políticos e sociais são complexos e os cidadãos muitas vezes não têm tempo para se aprofundar nas discussões, os Think Tanks se apresentam como defensores de alguma solução. E já derrubaram governos no Oriente Médio e na América do Sul, recentemente o Brasil.

 

Força da Fake News com a MBL em 2013 derrubou a ex-presidente Dilma Rousseff

 

A expressão, do inglês, geralmente é traduzida para o português como “laboratório de ideias”.

 

É nesse universo onde desde os anos 80 atuam muitas fundações de petrolíferas, bancos, minérios bancando o pensamento de ultra direita no mundo expulsando ideais socialistas ou afins.

INVESTIGAÇÕES E A MISTURA DE DADOS PARA CONFUNDIR

Uma coisa é o Ministério Público e a Policial Federal buscarem investigar fases e personagens envolvidos na gestão da saúde e do planejamento/finanças com registros estranhos, como insinuam se efetivar na apuração do Trauma, até sob suspeitas. Mas, no Hospital em tela os serviços melhoraram muito, sem comparação. Até agora não há comprovação de desvios.

 

Hospital de Trauma é exemplo de Gestão, mas no meio da confusão para confundir os paraibanos

 

A outra coisa é a ação diversa de um empresário delator de que houvera esquema de desvios numa grande licitação na Saúde na Paraíba só que esta, a Licitação, não existiu.

 

Ora, se não houve processo concluído nem dinheiro pago, como acusar de crime se o alvo inexistiu. Qualquer profissional de Contabilidade, contudo, sabe que é impossível mexer facilmente com R$ 1 bi na Paraíba, mas a confusão serve para isso – misturar Sérgio Cabral, Rio, Ricardo e Paraíba para criar clima de caos.

 

Só que hoje tudo foi misturado com a Cruz Vermelha do Rio. Faz parte da tática.

 

Em síntese, com o envolvimento dos experts em Inteligência Artificial , mais a massa inimiga de Ricardo por ter optado pelo modelo progressista de produzir o maior volume de obras da história na direção dos mais humildes, ele paga o preço do ódio incomum de muitos da classe média para cima usado agora nos novos artifícios de TI para confundir.

 

RICARDO É O ALVO

Ele é o alvo principal até pela dimensão que tem conquistado na contemporaneidade com indicadores econômicos e sociais. Espera-se que tenha oportunidades e meios para usufruir do Estado Democrático de Direito preservando seu saldo, sobretudo agora, quando ele passou a ser personalidade nacional liderando o Observatório da Democracia acompanhando tudo do Governo Bolsonaro.

 

Em síntese, em torno do turbilhão há visivelmente o foco de buscar destruir a Era de muito trabalho transformador da Paraíba de Ricardo, pois a dados de hoje querem misturar alhos com bugalhos para confundir a opinião pública expandindo fakes news o tempo todo tratando de desvios não comprovados.

 

Aliás, nestas técnicas de THINK TANK na internet de força exponencial na influência e formação de opinião na sociedade, a Esquerda está perdendo de goleada.

 

É a era do Robô destruidor ideológico.

 

+ CLIQUE AQUI E LEIA ESSA OUTRAS PUBLICAÇÕES DO BLOG DE WALTER SANTOS.