Tião Gomes avalia conjuntura politica, realça papel de Ricardo/Azevêdo e admite candidatura à ALPB - WSCOM

menu

Política

23/12/2018


Tião Gomes avalia conjuntura politica, realça papel de Ricardo/Azevêdo e admite candidatura à ALPB

Foto: autor desconhecido.

EXCLUSIVO – Por Walter Santos

O deputado estadual reeleito Tião Gomes resolveu dar uma pausa no fim-de-semana para revelar pela primeira vez sua opinião sobre a conjuntura nacional e estadual, bem como acerca do papel exercido pelos governadores Ricardo Coutinho e João Azevedo. Pela primeira vez, ainda, ele se revelou disposto a disputar o segundo biênio na eleição da Assembleia Legislativa, mas condiciona ao apoio dos dois Lideres. Ele aposta ainda no critério de maioria como fator a ser levado em conta na escolha do candidato da Base aliada.

Eis a entrevista na integra:

WSCOM – Como o Sr. vê a conjuntura politica da Paraiba hoje e na direção de 2019?

Tião Gomes – Há uma alta expectativa, em especial sobre o Governo Bolsonaro, que anuncia muitas medidas impactantes. Esta realidade nacional não é a mesma da Paraiba porque aqui temos um líder extraordinário chamado Ricardo Coutinho e um8 sucessor do mais alto nível. Agora é aguardar para ver como as duas realidades vão conviver. Eu acredito muito na capacidade de nosso futuro governador.

WSCOM – O que o Sr espera desse futuro governo paraibano?

Tião Gomes – Avançar nas políticas desenvolvidas por Ricardo é o segredo de tudo. Ao longo desse tempo posso atestar como aliado de primeira hora que a Paraiba se consolidou com gestão de alto nível e agora, tendo João Azevedo ampliando as Políticas Publicas vamos superar a nova fase. Não vou aqui apequenar o futuro com as necessidades de minhas Bases porque fazendo pelo Estado estará fazendo por todos nós.

WSCOM – Há um processo inconcluso de eleição na Assembleia Legislativa. Como o Sr vê tudo isso?

Tião Gomes – Com naturalidade e sabedoria. Houve uma rearrumação do processo com a presença do governador Ricardo liderando a nova fase, que não anda sem ele, nem o governador João Azevedo. Esta é a verdade de tudo e assim precisamos respeitar e apoiar esse novo momento com a liderança dos dois.

WSCOM – Mas, ao que parece, a maior intenção de disputa está no segundo biênio…

Tião Gomes – A verdade é que, desde sempre alinhado e em harmonia com o governador, o deputado Adriano Galdino consolidou uma realidade de muito entrosamento com Ricardo e João , tanto que tem apoio da grande maioria dos deputados da Base.

WSCOM – Mas e o segundo biênio?

Tião Gomes – Precisamos admitir que o primeiro pré – requisito é ter apoio dos governadores Ricardo e João Azevedo. Além disso, como dispomos de uma Base aliada bem alinhada ao novo tempo, cremos que os dois comandantes podem construir como critério consensual a escolha em torno de quem conquistar a maioria na Base. Eu mesmo topo esse critério.

WSCOM – O Sr. então é pré-candidato?

Tião Gomes – Há um movimento interno na Base nos estimulando a este cenário e em sendo assim, se houver possibilidade de construirmos as condições democráticas, estamos dispostos desde que alinhado com o governador.

WSCOM – Mas no silêncio dos bastidores há quem lhe faça críticas pela postura enfática?

Tião Gomes – Estou entrando no oitavo mandato logo é presumível admitir que tenho muito juízo, faço politica com ética, dedicação com princípios e sei ser leal e equilibrado para apoiar todas as matérias do Governo Ricardo. O mesmo farei com João. Não sou nem nunca fui de ficar em cima do muro. Sou e defendo há anos o projeto de Ricardo. Agora, o tempo é o senhor da razão e só não aprende as lições da vida quem é insensato, inconsequente. Eu sou o aprendizado que entende este momento fundamental para dar sequencia ao legado de Ricardo/Joao Azevedo e ainda fazer pontes de relacionamento com os demais Poderes e a sociedade. Se tudo isso fosse pouco, sou Ficha Limpa e aliado de primeiro hora. Estou pronto para presidir a Assembléia, se as condições democráticas existirem no campo da Base. Por fim, espero contar com o apoio do governador que sai e do que entra. São dois Lideres de alto valor humano e politico.