Paraíba é reconhecida por Mérito da Ciência com Prêmio nacional concedido à profa Francilene Garcia - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

10/10/2018


Paraíba é reconhecida por Mérito da Ciência com Prêmio nacional concedido à profa Francilene Garcia

Foto: autor desconhecido.

Novidade no campo da ciência e tecnologia do Brasil. É que a instância máxima de avaliação do desempenho de personalidades com grande contribuição na área acaba de anunciar o nome da professora doutora Francilene Garcia como contemplada com a Medalha Nacional do Mérito Cientifico – Categoria Comendador.

  • Ela sucede paraibanos do nivel do professor  Lynaldo Cavalcanti.
    Segundo informações obtidas com exclusividade pelo Portal WSCOM, Palácio do Planalto confirma para o próximo dia 17, a partir das 15 horas, a entrega do Prêmio do Mérito pelo presidente Michel Temer.

QUEM É – Atual Secretária de Ciencia, Tecnologia do Governo do Estado, Francilene Garcia tem reconhecimento nacional pela contribuição dada à ciência e tecnologia do Pais, a partir de Campina Grande.

Ao longo do tempo, tem conduzido Projetos de P&D em TI juntamente com outras instituições parceiras (PaqTc-PB, PMCG, FIEP/IEL).

Após ter concluído a Graduação em Ciência da Computação (1988), iniciando o primeiro ciclo de 8 anos de minha carreira, dediquei boa parte de meu tempo para capacitação e aprimoramentos a nível de Programas de Pós-Graduação. Em 1994, conclui o Mestrado em Informática.

Em 1995, conclui uma Especialização em Qualidade e Produtividade. Finalmente, em 1999, conclui o Doutorado em Engenharia Elétrica. Durante a realização do Doutorado, estive atuando como Pesquisadora Visitante junto a TsinghuaUniversity (1996-1999), em Pequim, China. A experiência vivenciada na China foi muito compensadora, seja no âmbito do Programa de Doutorado, seja na convivência com uma cultura tão rica.

Nestes 12 anos de atuação profissional, tive a oportunidade de publicar cerca de 25 artigos técnicos, realizar visitas a vários Centros de P&D no país e exterior (Argentina, Austrália, Bélgica, China, Cingapura, Coréia do Sul, EUA, França, Hong Kong, Reino Unido, Japão, Malásia, e Taiwan).

Notícias relacionadas