Blog de WS diz que polêmica em torno de Pastor Estevam faz sentido pelo seu significado - WSCOM

menu

Política

28/09/2018


Blog de WS diz que polêmica em torno de Pastor Estevam faz sentido pelo seu significado

Foto: autor desconhecido.

A nova postagem do jornalista e analista político, Walter Santos, em seu Blog, trás nesta sexta-feira (28) uma análise completa a respeito das últimas declarações do Pr. Estevam Fernandes e toda a polêmica em cima delas.

Confira na integra:

A polêmica em torno de Pastor Estavam faz sentido: ele é líder, mesmo assim pode errar

De repente, não mais do que repente, “o mundo quase cai” com declarações do digno Pastor Estevam manifestando apoio ao candidato Jair Bolsonaro. Pode ir atrás que tem influência do seu amigo Pastor Malafaia, um dos mentores da campanha do deputado.

A postura do Pastor Estavam impactou, de certa forma negativa, não pela escolha politico-partidária posto que faz parte da liberdade democrática, mas é que como líder religioso do seu nível reconhecido aderir a teses e propostas radicais afrontando o humanismo, o respeito cidadão e à adesão ao retrocesso não se coaduna com a historia dele.

ARMAS, MORTES, DESUMANISMO

Qualquer pode e deve fazer a escolha politica que quiser, só que um líder de sua estatura não pode ignorar valores humanos.

Infelizmente em torno de sua escolha há compromissos com a expansão da indústria armamentista, o confronto de mortes ignorando direitos humanos e uma postura de conflito agressivo num mundo em que Jesus, e lideres humanos como Gandhi, Luther King e Mandela sempre pregaram a Paz, a convivência entre os diferentes.

PASTOR ESTEVAM ERROU

Rogo e busco uma passagem Bíblica emblemática de Jesus no Monte das Oliveiras quando foi instado a punir severamente uma mulher acusada de adultério.

Pastor Estavam não cometeu tamanho pecado, mas errou ao aderir a Bolsonaro porque ele prega vazios em nome de Deus cometendo pecados e pecados, mesmo induzindo gente do bem como o Mestre da 1ª Igreja Batista – líder respeitado – a cometer erro politico desnecessário.

A família precisa e merece de outra forma de tratar.

Bolsonaro precisa ser respeitado pelo conteúdo ideológico que defende e atrai muitos de sua intenção recrudescente, mas os exemplos da História e do Mundo provam que posturas próximas do Fascismo só geram mortes e destruição.

O Brasil, sabe bem Pastor Estavam, precisa e vai avançar com tolerância e respeito ao outro diferente na disputa do voto e de Projetos vencendo quem obtiver a maioria. Só isso.

COMO A BÍBLIA ENSINA O PERDÃO

Não precisa ser teólogo ou expert na Bíblia Sagrada para compreender que aos humanos é dado o direito de errar e ser perdoado, como dita as Escrituras.

Lembremos da passagem histórica diante de uma acusação de adultério, Jesus indagou a todos que queriam punição:

“ Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela”.

Jesus a perdoou porque o erro, o pecado faz parte da raça humana.

EIS, NA INTEGRA, O QUE DIZ JOÃO

“E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;
E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando.
E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.
E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio.
E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus”.

João 8:3-10

Notícias relacionadas