Começa Horário Eleitoral com principais candidatos insinuando criticas - WSCOM

menu

31/08/2018


Começa Horário Eleitoral com principais candidatos insinuando criticas

Foto: autor desconhecido.

Começou nesta sexta-feira, 31, o Horário eleitoral dos candidatos ao Governo do Estado, no qual a tônica central foi, além de se apresentarem ao eleitorado, a trocas ou insinuações de criticas entre os principais candidatos.

Conforme se viu na primeira aparição, pelo menos “os três principais candidatos ao Governo da Paraíba nas eleições deste ano usaram a primeira aparição no guia eleitoral nesta sexta-feira (31) para alfinetar os adversários”.

Ficou evidente que João Azevêdo do PSB ao ser o primeiro a exibir seu programa, iniciou se apresentando à população, falando um pouco de sua trajetória e se mostrando como opção para dar continuidade ao governo de Ricardo Coutinho (PSB). E fez uma crítica indireta: “Sou servidor público, conheço a asa do nosso povo. Não sou candidato por ser parente de alguém”, afirmou.

No momento seguinte, Lucélio associou sua imagem a do irmão, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), prometendo que no governo que vai por fim à intriga. “Não vou perder tempo com questões políticas menores, vou melhorar a vida das pessoas, avançar cada vez mais. O que está funcionando nós vamos manter, porque não faço política com ranço”, disse.

Já na parte seguinte, com menor tempo de guia, Rama Dantas do PSTU criticou a divisão do tempo. “Temos apenas 10 segundos na TV, isso é uma farsa, precisamos fazer uma rebelião”, pontuou.

Na sequência, o candidato pelo MDB, o senador José Maranhão se mostrou como o mais conhecido pela população. “Eu conheço a Paraíba e a Paraíba me conhece. Existem coisas para melhorar e eu vou fazer tudo isso. Eu sou um pouco de cada paraibano, eu sou Zé, trago novas ideias para fazer mais”, destacou.

Encerrando o programa, o candidato do PSOL, Tárcio Teixeira, contou de forma resumida sua trajetória de vida e política, e falou em ser a pessoa que pode fazer mais pelo estado “sem medo”.

Notícias relacionadas