Empresário do ramo hoteleiro e imobiliário reclama de paralisação de obras na praia do Cabo Branco - WSCOM

menu

Paraíba

27/08/2018


Empresário do ramo hoteleiro e imobiliário reclama de paralisação de obras na praia do Cabo Branco

Foto: autor desconhecido.

O empresário Francisco Evangelista, proprietário do Hotel Cabo Branco resolveu reclamar publicamente contra a paralisação de obras na orla do Cabo Branco causando prejuizos aos negócios. Ele diz em postagem no Facebook que já enviou duas cartas ao Prefeito Luciano Cartaxo sem efeitos e solução.

Eis, a seguir, a.postagem do empresário:

Carta aberta ao Prefeito de João Pessoa
– Já remeti duas cartas ao Prefeito falando sobre o turismo e a mobilidade urbana, não por ter votado nele duas vezes, mas pelo interesse da coletividade. Falo em nome do nosso pequeno grupo empresarial. Investimos no RN e na Paraíba temos um Hotel Cabo Branco, no final da avenida do mesmo nome, um pequeno investimento no condomínio Flamboyant e estamos construindo um grande complexo hoteleiro no Jardim Oceania, muito conhecido como “Caribessa”, afirmou.

Ele acrescentou que “ temos uma rádio FM na cidade de Catolé do Rocha, há mais de 30 anos, Pagamos rigorosamente em dia todos os impostos, municipais, estaduais e federais. Damos mais de 160 empregos diretos, somente na Paraíba.

PROBLEMA PARA HOTEL – O empresário explicou que “ nosso hotel aqui era o mais próximo da ponta do Cabo Branco, que está se desmoronando (foto),das praias do sul, do Centro de Convenções e Estação Ciência, e hoje com acesso interditado, sem data prevista para uma solução”.

E acrescentou: “ Um crime. Estamos sendo mais uma vez punidos com a paralisação das obras do final da Av. Cabo Branco, onde a calçada que dar acesso ao mar, estão totalmente arrebentadas. Falta +/- 300 metros para sua conclusão (fotos). Já fizemos apelos junto as Secretárias de Planejamento e Infraestrutura do município, nem resposta houve.

SOLUÇÃO – Francisco Evangelista lembrou que já chegou a propor encaminhamento:

– Propusemos uma PPP, onde podíamos entrar com parte dos recursos para construção da obra, também não recebemos resposta. Sugiro ao Prefeito que vá até Natal e veja o extraordinário trabalho feito na praia de Ponta Negra (fotos antes e depois da erosão). Acho um desrespeito e um desestímulo aos empresários que querem investir em João Pessoa.

Ele diz que” pretendo conversar como político, administrador e empresário, com algum candidato ao governo e ouvir dele que assume compromisso de cuidar da Ponta do Cabo Branco, das praias e do Estado como um todo, pois conheço os seus reais problemas”.

-Não preciso, nem quero nada de pessoal do futuro governador, tão somente que ele cuide da educação, primeira prioridade, da saúde, da segurança de todos os paraibanos, sem esquecer de João Pessoa, ainda atrasada, pobre, esquecida pelo governo Federal e muito violenta, argumentou.

E concluiu: “Vejam os investimentos que o governo Federal fez no Ceará, Pernambuco, RN e Alagoas, que nós nos sentimos bem pequeninos. É uma pena para não dizer uma vergonha”.

clison junior - foto

Notícias relacionadas