Em 30 páginas, despacho do desembargador Ricardo Vital pede prisão de Livânia e Daniel, além de sequestro de bens - WSCOM

menu

16/03/2019


Em 30 páginas, despacho do desembargador Ricardo Vital pede prisão de Livânia e Daniel, além de sequestro de bens

Foto: autor desconhecido.

O despacho do desembargador Ricardo Vital de Almeida, responsavel pelo processo advindo da Operação Calvario, no qual o Ministério Publico apura desvios de recursos publicos da Cruz Vermelha, contém trinta paginas onde ao final ele pede a prisão preventiva da Secretária de Administração, Livânia Farias, e de Daniel Gomes da Silva. Determina ainda o sequestro de casa de Livânia na cidade de Sousa e de veiculo BMW da secretaria.

Nas argumentações para o pedido de prisão, o desembargador relata que, com base nos laudos, houve o desvio de R$ 400 mil entre janeiro e março de 2016 por parte dos denunciados caracterizando corrupção passiva.