TJPB aprova ‘Voto de Profundo Pesar’ pela morte do escritor e jornalista paraibano Nelson Coelho - WSCOM

menu

Política

11/08/2018


TJPB aprova ‘Voto de Profundo Pesar’ pela morte do escritor e jornalista paraibano Nelson Coelho

Foto: autor desconhecido.

Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça da Paraíba, em sessão ordinária realizada nesta sexta-feira(10), aprovou ‘Voto de Profundo Pesar’ pelo falecimento do jornalista e escritor paraibano Nelson Coelho, falecido na noite dessa quinta-feira (9), em sua residência, no Bairro do Bessa, em João Pessoa, de infarto fulminante. A propositura foi do desembargador José Ricardo Porto que, ao lamentar a morte de Nelson Coelho, disse se tratar de um escritor exemplar. “A Paraíba está de Luto”.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, se acostou ao voto de pesar. “Conheci o trabalho de Nelson desde quando ele era superintendente de A UNIÃO – Companhia e Editora e através de suas obras literárias”, ressaltou o presidente.

O jornalista Nelson Coelho tinha 76 anos e se encontrava bastante debilitado por causa de um câncer e da depressão que o atingiu há cerca de dois anos e cinco meses em decorrência da morte de sua esposa. Ele também tinha problemas no fígado e pulmão. O seu corpo está sendo velado na Central de Velórios São João Batista, no Centro de João Pessoa, e o sepultamento ocorrerá às 16h, desta sexta-feira (10), no Cemitério Senhor da Boa Sentença.

Biografia – Nelson Coelho da Silva nasceu em Santa Luzia-PB, no dia 31 de dezembro de 1942. Em 1977, ingressou na Faculdade de Direito da Paraíba, e, em 1982, se formou em Ciências Jurídicas e Sociais. No jornalismo, ele ingressou como colaborador no Jornal Correio da Paraíba, manteve programas na Rádio Cultura de Guarabira, Rádio Correio da Paraíba e Rádio Arapuan, sempre desenvolvendo um jornalismo político.

Notícias relacionadas