TJ alega falta de subsídios para realização de reunião com servidores; não há pr - WSCOM

menu

Paraíba

20/03/2006


TJ alega falta de subsídios

O Tribunal de Justiça (TJ) informou ao portal WSCOM Online, nesta segunda (20), que a reunião prevista para às 15h com os serventuários da Justiça foi cancelada por falta de subsídios. Segundo informações da presidência do TJ, o Governo não repassou um dado importante para o setor de Recursos Humanos que possibilitaria um acerto de reajuste salarial reivindicado pelos grevistas.

“Sem esse dado não se pode negociar uma porcentagem de reajuste”, disse a secretária da presidência do órgão. Ainda segundo informações da presidência não há previsão para acordo.

Membros do Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba (Sojep) informaram que não receberam nenhuma convocação oficial para reunião com o presidente do Tribunal, João Antonio de Moura, e que por essa razão a greve continua.

Alta – O presidente da Sojep, Benedito Fonseca, saiu recebeu alta do hospital por volta do meio dia desta segunda. Segundo a assessoria de imprensa do Sindicato, ele solicitou ao médico alta para ter possibilidade de participar da reunião com o Tribunal, caso acontecesse.

Ainda de acordo com membros do Sojep, o Benedito ‘está na Praça João Pessoa sendo segurado pelos companheiros para participar das reivindicações’.

Fonseca foi hospitalizado neste sábado (18), no Santa Paula, por apresentar um quadro de desidratação e desnutrição, provocadas pela greve de fome iniciada por ele ao meio-dia de segunda (13).

Os serventuários da Justiça estão com os serviços paralisados em toda a Paraíba.O presidente do Sojep decidiu entrar em greve de fome para sensibilizar o Tribunal de Justiça para as reivindicações da categoria de reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

Notícias relacionadas