Tião Gomes fala em traição e covardia em sua destituição da presidência do PSL - WSCOM

menu

Política

15/09/2017


Tião Gomes fala em traição e covardia

EX-PRESIDENTE DO PSL

Foto: autor desconhecido.

O ex-presidente do Partido Social Liberal (PSL) na Paraíba, Tião Gomes, comentou a sua destituição do cargo de dirigente máximo do partido no Estado. Em entrevista ao portal MaisPB, Tião se considerou traído.

“Eu estou tranquilo, sem mágoas, mas foi uma covardia, uma traição, já que eu levei Lucas de Brito para o PSL. Ele ainda tem muito o que aprender”, comentou.

A direção nacional do PSL destituiu Tião da presidência estadual do partido nesta sexta-feira (15) e resolveu nomear o vereador Lucas de Brito para o cargo. Tião ocupava o posto há 12 anos.

Na prática, o partido deixou de ser liderado por um aliado de Ricardo para ser comandado por um aliado de Luciano Cartaxo.
 

Notícias relacionadas