Terremoto e tsunami matam mais de 380 pessoas na Indonésia - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

29/09/2018


Terremoto e tsunami matam mais de 380 pessoas na Indonésia

Foto: Muhammad Rifki / AFP

As autoridades da Indonésia informaram neste sábado (29) que subiu para 384 o número de mortos pela série de terremotos e o tsunami que atingiu ontem a ilha de Celebes, onde também foi deixada uma extensa destruição.

O porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho, disse durante entrevista coletiva, na capital Jacarta, que segundo os dados provisórios, 540 pessoas ficaram feridas e 29 estão desaparecidas.

O número de mortos não é definitivo e pode subir.

“O governo local declarará o estado de emergência”, disse o porta-voz. Nugroho frisou também que o mais urgente agora também é restabelecer os serviços de energia elétrica e telecomunicação na área.

“Muitos corpos foram encontrados na costa, devido ao tsunami”, afirmou Nugroho. “Quando a ameaça surgiu, as pessoas ainda estavam fazendo suas atividades na praia e não correram imediatamente, e se tornaram vítimas”, relatou.

Algumas pessoas sobreviveram ao subir em árvores de seis metros de altura, para fugir das ondas, disse o porta-voz.

Fortes tremores secundários continuam a ser sentidos na cidade. Milhares de casas desmoronaram, além de hospitais, hotéis e comércios.

Um vídeo postado nas redes sociais mostra pessoas gritando e fugindo em pânico. Nas imagens, é possível ver uma mesquita entre os edifícios atingidos.

O resgate está em andamento, mas é prejudicado por um grande corte de energia. Além disso, a principal cidade que leva a Palu está bloqueada por um deslizamento de terra. Uma ponte chave para o deslocamento desmoronou.

Sutopo anunciou que técnicos de telecomunicações e transporte aéreo chegaram hoje ao aeroporto de Palu, a cidade mais afetada, ao lado de Donggala.

O aeroporto de Palu, que opera voos nacionais, permanece fechado desde ontem após ter sofrido danos por conta do terremoto, que também afetou pontes, hospitais e portos.

No entanto, o porta-voz afirmou que estão abertos os aeroportos de Poso, Toli-Toli, Luwuk Bangai e Mamuju.

A BNPB confirmou a formação do tsunami depois que vários vídeos foram divulgados nas redes sociais como na cidade de Palu, que foi atingida com força pelas ondas.

Inicialmente, as autoridades emitiram um alerta de tsunami após o terremoto de magnitude 7,5, para alertar sobre as ondas entre meio metro e máximo de 3 metros na região de Palu.

O terremoto de ontem esteve precedido três horas antes por outro de magnitude 6,1, que causou a morte de uma pessoa e dez feridos, assim como o desmoronamento de várias casas.

Indonésios procuram a segurança de um parque com medo de réplicas do terremoto de magnitude 7,5 que atingiu o país — Foto: Antara Foto / Rolex Malaha / via Reuters

Indonésios procuram a segurança de um parque com medo de réplicas do terremoto de magnitude 7,5 que atingiu o país — Foto: Antara Foto / Rolex Malaha / via Reuters

Destruição em Palu, região central de Sulawesi — Foto: AP PhotoDestruição em Palu, região central de Sulawesi — Foto: AP Photo

Destruição em Palu, região central de Sulawesi — Foto: AP Photo

Notícias relacionadas