Técnicos da Asplan-PB fiscalizam segurança e saúde de trabalhadores - WSCOM

menu

Paraíba

01/04/2011


Técnicos da Asplan fiscalizam fazendas

Segurança e Saúde

Foto: autor desconhecido.

Com o objetivo de fiscalizar o cumprimento da Norma Reguladora 31, que trata da segurança e saúde no trabalho no setor da Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura, a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan-PB) está visitando fazendas produtoras de cana-de-açúcar do estado.

Na última semana, uma das maiores fazendas produtoras de cana recebeu a visita de profissionais da Associação, que avaliaram o quesito segurança do trabalho e a saúde dos funcionários. De acordo com o presidente da Asplan, Raimundo Nonato, o serviço oferecido atende aos interesses tanto do trabalhador, quanto do produtor rural. Em média, são realizados cem atendimentos no campo por mês.

“Recebemos várias requisições de atendimentos nas fazendas, mensalmente, em toda a Paraíba. Fazemos um cronograma e de acordo com ele, enviamos uma equipe técnica que presta serviço para ambos os lados, tanto para o empregador, que recebe orientações de como conduzir melhor seus trabalhadores dentro da lei, quanto para o empregado que é submetido, gratuitamente, avaliações médicas importantes e aprende a usar os equipamentos de proteção para evitar acidente e danos à saúde em geral”, afirma Raimundo Nonato.

Outra ação que acontece durante as visitas de inspeção da equipe da Asplan, é a conciliação entre trabalhadores e empregadores que muitas vezes não conseguem resolver questões trabalhistas e precisam de intermediação para chegar a um consenso.

“Durante a visita, encontramos problemas com trabalhadores que não queriam trabalhar com herbicidas. Nestes casos, primeiramente, requisitamos exames complementares específicos para esta frente de trabalho que medem o nível de acetilcolinesterase no sangue. Após o resultado conversamos com o empregador orientando as providências a serem tomadas em caso de intoxicação”, explica o médico, lembrando que o resultado dos exames devem apresentar nível menor do que 12,1.

 

Notícias relacionadas