Técnicos administrativos deflagram greve por tempo indeterminado - WSCOM

menu

Paraíba

02/04/2018


Técnicos administrativos deflagram greve por tempo indeterminado

"É a terceira maior categoria do estado e não recebe um aumento há cinco anos"

Foto: autor desconhecido.

Os técnicos administrativos do Estado deflagraram nesta segunda-feira (02), uma greve por tempo indeterminado. De acordo com o presidente do Sindicato da categoria (SinditecPB), Nataluan Carvalho, foram realizadas duas paralisações de advertência nos dias 22 e 28 de março e enviado ofício ao governador, Ricardo Coutinho (PSB), mas não houve avanço nas negociações e os técnicos deflagraram a greve.

No dia 17 de março houve uma assembléia geral que definiu as duas paralisações, caso não houvesse diálogo após isso, a categoria decidiria entrar em greve a partir do dia 02. “São mais de dois mil técnicos que trabalham em escolas, hospitais, Centro Administrativo Estadual, entre outros.

“É a terceira maior categoria do estado e não recebe um aumento há cinco anos”, disse.

O presidente disse que são cinco anos sem reajuste e que a categoria que entrou em 2013 ganhava 15,76% acima do salário mínimo na época, agora está equiparado o valor. “E ainda recebemos menos porque tem o desconto do PBPrev. É o pior salário do país. Lamentável um servidor efetivo receber menos que o salário mínimo”, explicou.

Além disso, a categoria também reivindica vale alimentação para todos independente da Secretaria, análise do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) e redução da carga horária de 40 para 30 horas semanais.

De acordo com Nataluan, a categoria vai continuar se reunindo semanalmente para avaliar a greve, enquanto aguarda uma resposta do governo do Estado.

Paraiba.com

Notícias relacionadas