Técnico da Alemanha diz se "novo 7 a 1" será possível na Copa do Mundo da Rússia - WSCOM

menu

Futebol

16/06/2018


Técnico da Alemanha diz se “novo 7 a 1” será possível na Copa do Mundo da Rússia

Durante a coletiva de imprensa deste sábado (16), antes da estreia contra o México, Joachim Löw descartou a possibilidade do mesmo placar elástico nas semifinais

Foto: autor desconhecido.

Se em 2014 a seleção alemã surpreendeu o mundo ao golear a Seleção Brasileira por 7 a 1, em 2018 a chance desse placar se repetir é nula. Quem afirma isso é o próprio treinador da equipe tetracampeã mundial, Joachim Löw, que em entrevista coletiva neste sábado (16 de junho) garantiu que este placar não deve se repetir na Rússia.

“Não vejo isso se transformando uma realidade. Ganhar de 7 a 1 nas semifinais diremos que está excluído. Ganhar nas semifinais já é um desafio. Ganhar é o importante”, declarou o comandante, que acredita que os seus principais concorrentes ao título evoluíram nesses últimos quatro anos.

“Sempre me perguntam se esse time atual é melhor do que o de 2014. Todos os times se desenvolveram nesse período. O Brasil é muito mais forte do que em 2014. A França ficou melhor, Espanha também, com melhores passes. Os times de elite continuam se desenvolvendo sempre”, avaliou o treinador.

Mesmo com estes adversários mais desenvolvidos nesses últimos, o pensamento alemão segue sendo o bicampeonato na Rússia. E para conseguir repetir o feito que não acontece há mais de 70 anos, desde a Itália em 1934 e 38, o técnico Joachim Low vê a sua equipe com a ambição necessária para isso.

“Entre dois mundiais há mudanças nos times, alguns saem, outros chegam, é difícil. Temos a mesma vontade que quatro anos atrás. A tensão aumentou, claro. Tem a geração de 2010, que jogou duas Eurocopas, mas o Mundial é algo especial. O importante é jogar partida por partida, sem olhar muito adiante, não pensar o que acontece em três semanas. Temos que começar bem contra o México. Mas temos ambição na equipe”, completou o treinador.

O primeiro passo alemão rumo a esse objetivo acontece neste domingo (17), quando os alemães estreiam na Copa do Mundo da Rússia diante do México, às 12h. Além dos atuais campeões e os mexicanos, o grupo F conta com a Suécia e a Coreia do Sul.

FOX Sports

Notícias relacionadas